Foi notório o avanço que o prefeito Marão fez na rede de urgência de Ilhéus, articulando junto ao governo do Estado a chegada dos hospitais Costa do Cacau e Materno Infantil, além da UPA da Avenida Esperança que recentemente completou um ano de funcionamento com cerca de 100 mil pessoas atendidas.

Com esses instrumentos, Ilhéus se tornou referência hospitalar para toda uma região, adquirindo serviços que só tínhamos em grandes centros, como cirurgias cardíacas, cateterismos, cirurgias vasculares, cirurgias ortopédicas especializada, parto de alto risco, UTI pediátrica e Uti Neonatal.

Diante desse cenário, o prefeito vem dando seguimento na ampliação e reestruturação da atenção básica. No seu governo já foram construídas diversas unidades de saúde, a exemplo da UBS Olivença, UBS Avenida Esperança, UBS Princesa Izabel, ESF Iguape e ESF Nelson Costa. Além da reforma das unidades do Vilela (Estratégias Saúde da Família I, II, III e IV), Barra, Nossa Senhora da Vitória, UBS Iguape, Ribeira das Pedras, Castelo Novo e Nelson Costa.

Segundo o secretário municipal de saúde, André Cezário, a orientação do prefeito é para requalificar todas as unidades do município, além de ampliar serviços. Sabemos que ainda temos fragilidades, porém é nítida a evolução progressiva dos serviços, colocando médicos em todas as unidades cadastradas, aumentando o número de exames e reforçando a distribuição de medicamentos, reforçou o secretário.

No bairro da Conquista, a população tinha que buscar dentista na Princesa Izabel, além de outros serviços, e hoje, a comunidade já conta com um posto totalmente reestruturado com duas equipes.

Do mesmo modo, foi a UBS do Iguape que recebeu uma sala de vacina, farmácia e dentista, serviços que não eram ofertados, atendendo assim, além da população do bairro do Iguape, como também, toda zona rural ao redor daquela unidade.

Na semana passada, a Saúde de Ilhéus obteve mais uma vitória. O Ministério da Saúde homologou ONZE equipes de saúde da municipalidade (Veja aqui). Essas equipes tinham sido cadastradas há mais de três anos, porém, o ministério da saúde daquela época não priorizou o avanço da atenção básica dos municípios, e inclusive, reduziu recursos em todo o Brasil, mas o prefeito Marão não deixou os serviços pararem e manteve com financiamento próprio essas unidades.

Agora com essas novas equipes, os atendimentos passam a ser contabilizados e melhoram os índices de saúde do município nos próximos quadrimestres.

Ilhéus também está prestes a receber a Unidade Básica de Saúde que fica na entrada do Hospital Costa do Cacau, que atenderá a demanda de toda aquela região. E já está em fase de licitação as novas unidades do CSU, Vilela e Nossa Senhora da Vitória. Além da aprovação da Construção de DUAS unidades no bairro do Salobrinho.

Assim, a entrega do estabelecimento de saúde à comunidade fortalece o compromisso da atual gestão em priorizar o fortalecimento da Atenção Básica no município, por meio de reformas e realizações que asseguram o atendimento de qualidade.

::Publicidade
Compartilhar Post:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *