sonho de produzir um documentário sobre o negro no pentecostalismo brasileiro
Pedro Afonso

Meu nome é Pedro Afonso, tenho 22 anos e sou residente em Ilhéus, no sul da Bahia. Estou determinado a realizar meu grande sonho: produzir um documentário como parte do meu trabalho de conclusão de curso (TCC) em Comunicação Social, com ênfase em rádio e TV. No entanto, enfrento dificuldades financeiras para custear a produção e gostaria de pedir a ajuda de todos vocês para tornar esse projeto uma realidade.

Desde muito cedo, cultivei uma paixão pela escrita e pelo cinema, incentivado pelos meus pais, que são comerciantes. Esse sonho não é apenas meu, mas também dos meus pais, que, mesmo enfrentando dificuldades, investiram na minha educação e conhecem o poder transformador que ela possui.

A produção audiovisual no Brasil pode ser custosa, especialmente quando visamos manter um alto padrão de qualidade. Para isso, será necessário alugar equipamentos de gravação, uma vez que não possuo os meus próprios devido ao seu elevado custo. Além disso, precisarei realizar algumas viagens, inclusive para fora da Bahia.

O foco central do projeto é explorar o “imaginário das pessoas negras no pentecostalismo brasileiro”. Como jovem negro e partindo dessa perspectiva, percebo a importância de compreender a vasta comunidade negra presente nos movimentos evangélicos. Quase todo mundo tem um tio, uma mãe, um pai evangélico, e em minha família paterna, essa realidade é ainda mais presente. É fundamental que essas vozes sejam ouvidas e compreendidas como seres humanos, indo além dos limites dos templos e das congregações.

Felizmente, já contei com o apoio do site em que trabalho, o Ilhéus 24h, cujo executivo se prontificou a contribuir com o projeto. Além dessa ajuda, estimo que o orçamento necessário para a produção do documentário seja de R$ 2.500, considerando os gastos com o aluguel de equipamentos, transporte e alimentação durante as semanas de produção. Viajo para São Paulo em julho para realizar entrevistas e também percorrer Ilhéus e região a fim de coletar material relevante para o documentário.

Diante das dificuldades financeiras, decidi abrir um canal para receber doações de qualquer valor. Disponibilizei meu Pix: [email protected], para que aqueles que desejam apoiar meu projeto possam contribuir. Cada doação será de grande importância para que eu possa dar vida a esse documentário, que representa um marco em minha jornada acadêmica.

A data limite para a apresentação da produção é dezembro deste ano, o que significa que estou trabalhando intensamente para garantir que o documentário seja concluído no prazo estipulado.

Meu desejo de contar histórias relevantes por meio do audiovisual merece o apoio e o reconhecimento de todos. Convido todos a se unirem a mim para realizar esse sonho e contribuir para a educação e a cultura em nossa sociedade.

Para mais informações e para apoiar o projeto de Pedro Afonso, entre em contato pelo e-mail: [email protected] ou pelo instagram.com/pedroafoonsoh.

::Publicidade
Compartilhar Post:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *