O município de Ilhéus vai receber R$ 1,59 milhão para assistência humanitária às vítimas das chuvas registradas na semana passada. O repasse foi aprovado pelo Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional (MIDR), por meio da Defesa Civil Nacional. Conforme o MIDR, os recursos serão enviados em breve.

Na última segunda-feira (24), o prefeito Mário Alexandre recepcionou o ministro Waldez Góes no Aeroporto Jorge Amado (relembre aqui). Na oportunidade, o gestor ilheense entregou ao titular do MIDR um relatório dos danos ocasionados pelo temporal e solicitou intervenções do Governo Federal em caráter de urgência, visando um trabalho de prevenção nas áreas de risco da cidade.

“Essa união de esforços é fundamental para que a gente possa reconstruir as áreas atingidas pelas chuvas. Agradeço primeiramente a Deus, por nos dar forças para vencer mais uma luta difícil. Agradeço ao Governo Federal e ao Governo do Estado, que têm nos auxiliado nesse processo, com envio de ajuda humanitária e de recursos para garantir assistência às pessoas que mais precisam”, disse Mário Alexandre.

A pedido do prefeito, o secretário de Infraestrutura e Defesa Civil, Átila Docio, visitou a comunidade do Banco da Vitória na última sexta-feira (28). A ação teve como objetivo verificar as áreas afetadas pelas recentes chuvas e os danos causados à população local. A visita aconteceu após entrevista a uma emissora de rádio da cidade.

“Reconhecemos a situação de emergência e aprovamos o primeiro plano de ajuda humanitária. Os demais planos serão feitos em duas mãos pelas defesas civis nacional e municipal, para haver uma agilidade no processo de aprovação e restabelecer a normalidade na vida dos moradores da região”, assegurou o ministro Waldez Góes.

De acordo com o último boletim informativo, as chuvas já deixaram 416 pessoas desalojadas e 21 desabrigadas no município. As equipes seguem realizando o trabalho preventivo nas áreas de risco, com colocação de lona e orientação aos moradores, bem como limpeza das vias e atendimento às ocorrências relacionadas a estragos provocados pelo temporal. 

::Publicidade
Compartilhar Post:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *