20 de fevereiro de 2024

Mais de 2,2 milhões de títulos de eleitores baianos foram cancelados. A informação foi confirmada pelo presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA), desembargador Roberto Frank, em coletiva de imprensa na manhã desta quarta-feira (9). Salvador é a cidade que responder com a maior proporção de cortes: mais de 377 mil cancelamentos.

O magistrado chamou atenção para que os eleitorais com pendências se atendem ao prazo do calendário da justiça eleitoral. O público em geral tem 4 de maior para procurar o TRE-BA, principalmente pelo meio digital, para consultar sua situação e se regularizar.

“Temos mais de 2 milhões de títulos com pendências. Convido a todos que regularizem a situação para que possamos votar com consciência. Quem não realizou a biometria e teve a possibilidade de participar da eleição do ano passado, para participar deste ano deve procurar o TRE e regularizar o cadastro. Sem a biometria, não poderá participar da eleição de 2022”, disse. 

O atendimento presencial nos cartórios eleitorais está suspenso após um aumento de casos de Covid-19 e deve ser retomado por meio de agendamento a partir de março, mas o caso ainda está me estudo.

No entanto, o procedimento pode ser feito de forma online, com auxílio do Núcleo de Atendimento Virtual ao Eleitor (NAVE). 

Cidadãos que não possuem acesso à internet podem procurar o atendimento telefônico do NAVE: (71) 3373-7000. O serviço funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h.

FACILIDADE – O desembargador também fez questão de enfatizar que o eleitor pode regularizar a situação também através da ferramenta Maia. É um modo de atendimento em tempo real pelo celular, através do Telegram ou na aba de atendimento virtual do site do TRE-BA.

O TRE-BA também passou a aceitar o pagamento de multas por PIX.

Compartilhar Post:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *