Foto: Fabio Vilas Boas.

O cardiologista Fábio Vilas-Boas informou que entregou nesta terça-feira, 3, uma carta com pedido de exoneração do cargo de secretário estadual de Saúde. A exoneração ocorre depois de Vilas-Boas xingar a chef Angeluci Figueiredo, dona do restaurante Preta, na Ilha dos Frades. Ele chamou a empresária baiana de “vagabunda”, após dar de cara com o restaurante fechado devido ao mau tempo.

Conforme apurado pelo grupo A TARDE, o governador Rui Costa (PT) já procura por um perfil técnico para substituir Vilas-Boas, que esteve à frente da pasta durante toda a gestão do petista.

Inconformado, o agora ex-secretário reclama de ter pago R$ 350 para a embarcação levar ele e seus amigos, inclusive alguns do “exterior”, para visitar o renomado restaurante.

“Esqueça de me ver de novo aqui. E ainda paguei 350 reais para desembarcar”, reclama Vilas-Boas em uma das mensagens. “Amigo o caralho! Vagabunda!”, prossegue.

Ele de desculpou posteriormente nas redes sociais pelos “comentários inadequados”, após Angeluci rebater, mas a repercussão foi grande e tornou inevitável a sua exoneração.

Na carta apresentada ao governador Rui Costa, o médico agradeceu a confiança pela “oportunidade de contribuir para uma verdadeira revolução na saúde visando atender a quem mais precisa”.

O substituto de Vilas-Boas será anunciado nos próximos dias. Interinamente, a pasta será conduzida pela subsecretária Tereza Paim.

Informações do A Tarde

::Publicidade
Compartilhar Post:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *