Um jovem suspeito de ter matado o jovem Daniel Santos Barbosa, 21 anos, e balear a companheira dele que estava grávida, em 2018, em Ilhéus.

Conforme a Polícia Civil, a prisão foi feita após investigação de policiais da 7ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), de Ilhéus. O mandado de prisão foi cumprido com o apoio da Divisão de Investigações Criminais de Brusque da Polícia Civil de (SC).

“Segundo nossas investigações, o crime está relacionado à disputa entre grupos criminosos pelo domínio de territórios para a comercialização de substâncias entorpecentes na cidade de Ilhéus”, disse o coordenador da 7ª Coorpin, delegado Evy Silva Nery Júnior Paternostro.

O crime
 
Daniel Barbosa, que era mais conhecido como Sabão, e sua companheira, que tinha 18 anos e estava grávida de nove meses, saíram para comprar cigarro e quando passavam por um beco no Alto Formoso, no bairro Conquista, foram surpreendidos por dois homens.

De acordo com a polícia, os autores do crime atiraram várias vezes na direção do casal. Daniel Barbosa morreu no local e a companheira foi levada para o Hospital Regional Costa do Cacau, onde recebeu atendimento médico. A jovem e a criança sobreviveram.

Segundo o delegado Evy Silva Nery Júnior Paternostro, o comparsa do suspeito preso na quarta-feira segue sendo procurado.

“Ele foi encaminhado para a custódia da Unidade Prisional Avançada de Brusque, de onde será recambiado para a Bahia. Já o comparsa dele, considerado como uma das lideranças do tráfico em Ilhéus, segue sendo procurado”, explicou o delegado.

A polícia informou que caso tenha informações do outro suspeito de praticar esse crime, basta entrar em contato com o Disque Denúncia da Polícia Civil da Bahia por meio do número 181.

Informações do G1

::Publicidade
Compartilhar Post:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *