Descubra como conseguir recursos para o capital de giro da sua empresa

capital de giro da sua empresa

Imagem: Pixabay.com

Uma das partes mais importantes da economia de uma empresa é, sem dúvida, seu capital de giro. Ele é um recurso financeiro usado para manter tudo nos conformes enquanto os lucros de pagamentos dos clientes ainda não chegam.

Toda empresa a ser aberta deve ter um capital de giro mínimo para dar início às suas atividades. Conhecimento este que é comum dentro do mundo empresarial.

Agora, como é possível captar esses recursos para poder investir ainda no início do seu negócio? Aqui, entender o que é capital de giro e qual sua importância pode fazer toda a diferença.  

No texto de hoje você descobre como conseguir capital de giro e ter sucesso em sua jornada.

Capital de giro é a engrenagem principal

Entendemos que para qualquer empresa começar e se manter ativa durante o mês, é necessário que a mesma disponha do capital de giro. Recurso este que deve estar inserido no planejamento financeiro da corporação em questão.

Junto ao capital de giro, pode ser uma ideia interessante possuir alguma quantia guardada em uma poupança destinada à empresa. Não podemos prever o que ocorrerá no dia seguinte, por isso é importante que o empreendedor conheça as melhores estratégias de como juntar dinheiro e se prepare para quaisquer eventualidades.

O que manterá todas as atividades diárias sendo executadas em suas normalidades é o capital de giro. Se a propaganda é a alma do negócio, podemos dizer que este recurso é o sangue.

Se atente aos detalhes dos gastos e tente fazer previsões financeiras de quanto de recurso você precisará investir no próximo mês. Vendas são um fator oscilante, e saber a quantidade que pode produzir pode auxiliá-lo a diminuir gastos.

Ainda mais quando eventos planejados ou mudanças legislativas podem impactar diretamente na rentabilidade do negócio.

Por mais que o capital de giro seja definido, é sempre interessante, se possível, diminuir ainda mais os gastos da empresa.

Conseguindo recursos

Antes de iniciarmos nossas atividades empresariais, ou até mesmo durante estas, precisamos prover alguma verba para o capital de giro. Mas, nem sempre, sabemos como adquirir esta quantia necessária.

Por isso, apresentaremos agora algumas maneiras possíveis para que você possa estar adquirindo o valor necessário para seu capital de giro. Começando por:

Negócio paralelo

Muitas empresas do mercado nasceram de maneira paralela. Enquanto seus donos faziam dinheiro em outro trabalho ou cuidando de outra empresa, eles acumulavam dinheiro em busca de ter todo o capital necessário para dar início ao negócio de seus sonhos.

E, mesmo quando estes já estavam em funcionamento, eles ainda mantinham vínculos com o antigo trabalho a fim de conseguir todo o dinheiro necessário para que suas atividades se mantivessem.

É uma maneira válida de se conseguir o capital necessário para investir em algo tão almejado. O único problema é o quanto da sua saúde estará disposta para isso.

Por se tratar de manter dois empregos, sobra pouco tempo para que seja possível haver o descanso necessário, podendo levar o corpo a exaustão. Além das noites mal dormidas.

Ser dono de uma empresa, principalmente no começo, é algo que já possui certa dificuldade. Quando unido este fator a um trabalho adicional, a carga acumulada no corpo chega a ser tamanha que pode prejudicar permanentemente a saúde mental da pessoa.

Mais importante que o trabalho, o descanso é um bem necessário ao nosso corpo. Sem ele, não conseguimos fazer nossas atividades da melhor maneira possível, quem dirá pensar em estratégias de mercado então.

Se você ainda está disposto a utilizar desta estratégia, a melhor maneira de colocá-la em prática é juntar uma boa parte do dinheiro antes de dar início às atividades da sua empresa.

Após colocar sua empresa para funcionar com todo o recurso necessário, incluindo capital de giro, procure por freelancers ou outras atividades mais informais, a fim de arrecadar algum dinheiro. Mesmo R$ 500,00 já podem fazer alguma diferença.

Investimento

Uma das maneiras mais comuns de muitos empreendedores iniciarem suas empresas. Com uma boa ideia, é possível sim que consiga alguns investidores, prontos a apostarem no seu sonho.

Leve a sua proposta até a bolsa de valores, ou, caso conheça algum, diretamente a um investidor. De preferência para aqueles que se assemelham ou tem grande destaque no mercado que você procura atuar.

Procurar um investidor não é uma tarefa fácil. Muitos deles, geralmente, requerem alguns números para verificar a viabilidade do negócio. Mas, ainda sim, eles podem investir em ideias que achem interessantes e vejam o potencial.

Potencial esse que deverá ser mostrado a eles por você. Por mais que esteja ali para fechar uma proposta, não se deixe intimidar pela sensação do lugar e marque presença. Só acreditamos em alguém quando está pessoa acredita em si mesmo.

Empréstimo

Se você está com receio de procurar um investidor, ou o dinheiro que juntou não foi o suficiente, você pode optar por um empréstimo para colocar a suas atividades em prática, ou manter estas funcionais.

Mas, antes de ir a um banco e se endividar em taxas e juros tão abusivos que parecem até um furto, por que não procurar por empresas que oferecem as melhores oportunidades? Existem fintechs no mercado que oferecem serviços de empréstimo, como o empréstimo pessoal da CashMe, com as menores taxas de juros do mercado e uma rápida aprovação.

Além dessa modalidade, a fintech também trabalha com serviços de antecipação de vendas. Opção essa que pode ser super importante para o seu negócio.

Link permanente para este artigo: https://www.ilheus.net/2021/07/descubra-como-conseguir-recursos-para-o-capital-de-giro-da-sua-empresa.html

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.