Em Brasília, o prefeito Mário Alexandre cumpre agenda de trabalho para apresentar propostas e captar recursos voltados ao desenvolvimento econômico de Ilhéus. Acompanhado do vice-prefeito Bebeto Galvão e de secretários, o gestor visitou na quarta-feira (12) o gabinete do ministro do Turismo, Gilson Machado Neto. Na ocasião, a comitiva dialogou sobre investimentos para o setor, impulsionados pelo projeto “Ilhéus Rumo aos 500 Anos”. Também esteve presente no encontro o presidente da Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo (Embratur), Carlos Brito.

“Eu quero agradecer em nome do povo de Ilhéus, a gentileza e preocupação do ministro com a Bahia. A aprovação desse projeto mostra a importância do trabalho que o Município vem desenvolvendo, com a parceria do governador Rui Costa e agora com o apoio do Ministério do Turismo para fortalecer o setor turístico da nossa cidade e de toda a região”, frisou o prefeito.

Visita à Brasília

A melhoria estrutural do aeroporto Jorge Amado e ampliação da oferta de voos também foram assuntos pautados no encontro. Nas próximas visitas à capital federal, o gestor pretende marcar audiência com representantes da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) para discutir a expansão das operações e da malha aérea de Ilhéus. Mário Alexandre destacou que embora o turismo seja um vetor econômico, o município ainda carece de infraestrutura compatível com o potencial apresentado.

O titular do Ministério do Turismo (MTur), por sua vez, assegurou que o staff do Governo Federal está à disposição para contribuir com ações em prol do desenvolvimento regional.

“Falar de turismo em Ilhéus é ‘chover no molhado’. Todo mundo sabe a importância histórica da cidade. Ilhéus pode contar com o Ministério do Turismo, porque sabemos da relevância que a atividade possui em toda a região do cacau, das fábricas de chocolate e das praias maravilhosas. Então, o que não faltam são atrativos, são mais de oito mil leitos na rede hoteleira. Tem muita coisa boa nesse projeto e vamos valorizar e resgatar esse patrimônio histórico-cultural”.

Visita à Brasília

O diálogo propositivo com o MTur visa inserir Ilhéus na rota de novos investimentos, com a criação de oportunidades e geração de emprego e renda. Para Bebeto Galvão, a construção de uma política de turismo regionalizada é a base para solidificar o trabalho proposto pelo Executivo ilheense. Na oportunidade, o gestor municipal convidou o ministro Gilson Machado para realizar uma visita à cidade, bem como o ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), João Augusto Nardes.

Rumo aos 500 Anos – O projeto apresenta artefatos que constituem a história do município, partindo da fundação de capitania hereditária, datada de 1534. A iniciativa é parte crucial para a estruturação do futuro Museu da Capitania, ambiente que terá como missão salvaguardar o acervo que testemunha os 500 anos da formação cultural, social e econômica de uma das cidades mais importantes dentro da história do Brasil.

::Publicidade
Compartilhar Post:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *