A Justiça concedeu, nesta quarta-feira (28), uma medida protetiva para a jovem que denunciou o vizinho por ameaça e injúria racial na cidade de Itabuna. A mãe dela, que foi agredida pelo suspeito ao tentar proteger a filha em uma discussão, também está sob a medida.

O pedido das medidas protetivas foi feito pela Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) do município e deferido pelo juiz Murilo Staut.

Ainda nesta quarta-feira, o suspeito, Ubiratahn Santos, foi ouvido pela polícia e negou todas as acuações. A policia não detalhou, no entanto, se o homem foi liberado ou permaneceu na unidade policial após o depoimento.

“Ele respondeu todas as perguntas que lhe foram feitas dentro das acusações feitas pela vítima. Ele respondeu tudo e o procedimento já está praticamente encerrado”, disse a delegada Ivete Oliveira Albano.

::Publicidade
Compartilhar Post:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *