Foto: Ilustração

A Polícia Federal (PF) deflagrou duas operações na Bahia, na manhã desta quarta-feira (4), sendo elas a ‘Operação Demisso’ e a ‘Operação Persona Ficta’.

São cumpridos seis mandados de prisão temporária e 17 de busca e apreensão em Jequié, no Sudoeste. A operação Demisso se refere a casos investigados em Vitória da Conquista, no Sudoeste, e a Persona Ficta, em Ilhéus.

Os investigados da ação policial são suspeitos de participação em dois esquemas criminosos. O foco da operação é o combate a fraudes na obtenção do benefício do seguro-desemprego e em empréstimo com a Caixa Econômica Federal.

Em Vitória da Conquista, a operação Demisso apura uma suposta associação criminosa especializada em fraudes de seguro-desemprego. De acordo com a PF, o grupo suspeito simulava vínculos empregatícios fictícios mediante inserção de dados falsos nos sistemas públicos (CAGED e CNIS). Anotações falsas nas Carteiras de Trabalho e Previdência Social também foram inseridas.

A organização funcionava com três núcleos, sendo mentores (pessoas responsáveis pela idealização, planejamento e coordenação das fraudes), apoio técnico (pessoas com conhecimento especializado que munia os investigados com informações necessárias para a realização de fraudes) e sacadores (pessoas que figuram como sócios das empresas fictícias ou como empregados dos vínculos empregatícios falsos, e que realizam os saques).

Já a Persona Ficta, em Ilhéus, apura um possível grupo criminoso que pratica estelionatos por meio de uso de documentos falsos para contratação de empréstimos perante a Caixa Econômica Federal.

Os empréstimos eram realizados em diversas agências da CEF, principalmente nas cidades de Ilhéus e Itabuna. Os suspeitos usavam documentos de identidade falsos, enganando a empresa pública federal. De acordo com a PF, as fraudes atingem mais de R$ 200 mil.

Medidas cautelares diversas e bloqueio de R$ 94 mil em bens dos investigados foram determinados. As ordens foram expedidas pelas Varas da Justiça Federal de Jequié e de Ilhéus.

::Publicidade
Compartilhar Post:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *