Foto: Projeto (A) Mar

Dez tartarugas marinhas foram encontradas mortas em praias do sul da Bahia, entre a última sexta-feira (13) e esta segunda (16). A informação foi confirmada pelo Projeto (A)mar, que trabalha no monitoramento e preservação de animais marinhos no sul do estado.

Dos 10 animais, seis estavam em praias de Ilhéus, três em Itacaré e um em Una. Cinco mortes ocorreram por encalhe incidental em rede de pesca, uma está sem causa definida, outra por impacto no casco e três apresentaram quadro de ingestão de resíduos de lixo marinho, informou o projeto. De acordo com o (A)mar, desde o início do ano, já foram registradas 160 mortes de tartarugas marinhas na região. Além das tartarugas, no total, o projeto contabilizou a morte 206 animais selvagens marinhos: 10 botos cinza; 5 golfinhos; 3 baleias e 28 aves marinhas.

O projeto detalhou as informações sobre algumas das tartarugas encontradas mortas:

Tartaruga verde juvenil com 60 cm. Morreu por ingestão de resíduos de lixo marinho e foi achada na tarde de segunda-feira, na praia de Mamoan, em Ilhéus;

Tartaruga cabeçuda subadulta com 1,15m de comprimento, fêmea. Morreu por emalhe em artefato pesqueiro na praia do São Domingos, em Ilhéus, no domingo (15);

Tartaruga Oliva com 1,10m de comprimento, fêmea. Sem causa da morte definida. Foi achada na praia dos Milionários, em Ilhéus;

Tartaruga verde com 70 cm de tamanho, fêmea. Causa da morte foi emalhe incidental em rede de pesca. O animal também apresentou casco partido por colisão. Animal foi encontrado na praia Mar e Sol, em Ilhéus, no sábado (14). G1

::Publicidade
Compartilhar Post:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *