Egressos e professor de Fisioterapia da FMT apresentam trabalhos científicos em Congresso internacional

Um grupo de egressos e um professor do curso de Fisioterapia, da Faculdade Madre Thaís (FMT-Ilhéus), tiveram os seus trabalhos científicos em pôsteres aprovados para o Congresso Internacional Archives of Otorhinolaryngology. Esse será o primeiro Congresso Forl virtual, em uma plataforma digital, que será realizado no dia 19 de Setembro.

Os trabalhos orientados pelo prof/Dr. Renato Gonzaga Barreto situam-se na área de reabilitação labiríntica (vestibular) em que o Fisioterapauta também atua. Quatro dos cinco pôsteres são resultados de Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC) na FMT.

Foram aprovados os trabalhos: “Abordagem fisioterapêutica por terapia manual na tontura cervicogênica: uma revisão de literatura” (Physiotherapeutic approach by manual therapy in cervicogenic dizziness: a literature review) da autoria de Bruna Oliveira Gama.

Da autoria de Gabriel Freitas Leão, “Efeitos da reabilitação vestibular na cinetose: uma revisão de literatura” (Effects of vestibular rehabilitation on kinetosis: A literature review). Outro trabalho aprovado foi o de Leila Kelly Chaves Lima sobre “Efeitos dos exercícios físicos em indivíduos com síndrome da apnéia obstrutiva do sono: uma revisão integrativa”, (Effects of physical exercises on individuals with disease syndrome obstructive sleep apnea: an integrative review). E “Aplicabilidade da realidade virtual na Reabilitação de vestibulopatias” (Applicability of virtual reality in rehabilitation of vestibulopathies), da autoria de Aline Moreno Cruz, o quarto trabalho.

O quinto trata da “Caracterização de incapacidades funcionais para atividades de vida diária em idosos labirintopatas com vertigem postural paroxística benigna” (Characterization of functional disabilities in elderly labyrinth diseases due to benign paroxysmal postural vertigo) do professor/Dr. Renato Barreto, o qual destaca que “o envelhecimento pode influenciar o surgimento da Vertigem Postural Paroxística Benigna devido às alterações fisiológicas, e quando associadas à enfermidades, facilita-se esta ocorrência. A vertigem é uma das maiores queixas na população idosa, gerando impactos negativos. As pessoas com esse tipo de disfunção vestibular desenvolvem instabilidade corporal, podendo ser potencializada por fatores emocionais, limitando a prática de atividades comuns.”

Na opinião da professora/Dra. Karla Rocha Carvalho Gresik, coordenadora do curso de Fisioterapia na FMT, “essa pandemia facilitou a participação de alunos e professores a eventos internacionais, e como a produção científica é algo que a FMT valoriza. Os trabalhos já estavam no nível de aprovação.” A coordenadora parabeniza a todos os envolvidos, sobretudo ao professor Renato por motivar os alunos.

O Congresso Forl, esse ano, o primeiro virtual é idealizado por uma comissão executiva e científica, que todos os anos traz temas de grande relevância e interesse de toda classe otorrinolaringológica e áreas a fim. Todos os resumos aprovados para pôster serão publicados no suplemento da Internacional Archives of Otorhinolaryngology, que também é revista oficial da Societás Oto-Rhyno-Laryngologica Latina e a primeira revista da especialidade em formato digital (disponível no site: www.internationalarchivesent.org). Os pôsteres ficarão expostos na área de exposição da nossa feira virtual de 14 a 21/09/2020.

Link permanente para este artigo: https://www.ilheus.net/2020/09/egressos-e-professor-de-fisioterapia-da-fmt-apresentam-trabalhos-cientificos-em-congresso-internacional.html

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.