Professores começam a ser testados para covid-19 em escolas e Ilhéus e Itabuna

Começaram nesta segunda-feira (10) as aplicações de testes de detecção do novo coronavírus em escolas da rede pública estadual de ensino das cidades de Ilhéus e Itabuna.

Hoje os testes foram realizados em funcionários e professores. A partir de terça-feira (11), o procedimento será feito em estudantes e seguirá um cronograma para evitar aglomeração. Os alunos serão divididos por escolas e em ordem alfabética. 

Em Ilhéus, serão 12.327 pessoas submetidas ao teste, sendo 11.370 estudantes, 661 professores e 296 funcionários de 18 escolas – quatro delas indígenas. Já em Itabuna, a testagem acontecerá em 14 instituições de ensino e envolverá 12.011 pessoas, sendo 11.224 estudantes, 580 professores e 207 funcionários. O atendimento nas escolas será realizado até o dia 21 de agosto, sempre das 8h às 17h.

Outros municípios baianos já passaram pelo mesmo processo, como Itajuípe, Ipiaú e Uruçuca. Além disso, Jequié também está em período de testagem até o dia 14 de agosto. 

O secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues, comentou a importância da testagem na comunidade acadêmica. “Os dados dessas testagens serão analisados por universidades estaduais para termos uma base científica na tomada de decisão sobre a retomada do ano letivo, que é bom lembrar não tem ainda uma data definida. Além disso, permitem uma maior segurança para as famílias dos estudantes, professores e funcionários, dentro de um trabalho que tem todo o acompanhamento e a parceria das prefeituras dos municípios onde as testagens estão acontecendo”, afirmou.

O professor Othon Dantas, do Colégio Estadual Félix Mendonça, em Itabuna, também acredita que a medida é fundamental para a retomada das aulas. “Esta testagem visa assegurar melhor a segurança de todos nós e do nosso ambiente de trabalho, para que possamos nos sentir participantes da atividade. Quanto mais testagens realizadas, maior a segurança”.

A professora Lucileide Sertório, do Centro Estadual de Educação Profissional (CEEP) Nelson Schaun, de Ilhéus, concorda. “Entendemos que esta ação é muito importante para sabermos se é possível ou não o retorno das atividades presenciais com a segurança para todos”.

Para receber alunos e funcionários para realizar os testes, as escolas passaram por higienização e estão ofertando álcool em gel e pias com sabão para a lavagem das mãos. Há ainda a exigência do uso dos Equipamentos de Proteção Individual (EPI). 

Informações do Correio da Bahia

Link permanente para este artigo: https://www.ilheus.net/2020/08/professores-comecam-a-ser-testados-para-covid-19-em-escolas-e-ilheus-e-itabuna.html

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.