Uesc sobe 55 posições no ranking THE para América Latina


A Uesc (Universidade Estadual de Santa Cruz) subiu 55 posições no Latin American University Ranking, ranking promovido pela organização internacional THE (Times Higher Education), o qual indica as melhores instituições de ensino superior da América Latina.

A Uesc agora ocupa o 88º lugar em 2020 das 166 universidades participantes de 12 países latino-americanos. Quando é verificado apenas as universidades brasileiras, a Universidade ocupou 40º lugar, crescendo 9 posições. Dentre as universidades do Centro-Oeste, Norte e Nordeste brasileiros, a Uesc se destaca no 10º lugar, sendo a única estadual. Por fim, no conjunto das universidades baianas, a Universidade está no 2º lugar, subindo uma posição em relação à classificação de 2019.

Este ranking leva em consideração cinco aspectos: internacionalização em pessoal, estudantes e pesquisa; renda proveniente da indústria através de transferência de conhecimento; números de citações que os professores têm em trabalhos de outros autores; reputação e renda da pesquisa, bem como o volume de artigos dos professores; e, o ambiente de aprendizagem.

A melhora da Uesc colocou a Assessora de Relações Internacionais da Uesc, Ticiana Grecco Zanon Moura, “se deve a um trabalho dos servidores técnicos, alunos e professores ao longo dos anos e desdobramentos que estas ações possuem. O lugar de destaque da Uesc ajuda a demonstrar o papel que ela possui na região, mas também no estado e no Brasil”.

O secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues, falou sobre as três universidades da Bahia que foram incluídas no Latin America University Rankings. “Ter as nossas universidades, as estaduais Uesc e Uneb e a Ufba, neste ranking, é motivo de muito orgulho para todos nós baianos. A Ufba tem a sua história e as nossas Uneb e Uesc, além da excelência no ensino, na pesquisa e na extensão, têm alcançado expressivos resultados na qualificação de quadro de mestres e doutores, no crescimento da pesquisa e nos programas de pós-graduação. Mesmo neste momento de pandemia, as nossas universidades estaduais continuam desenvolvendo um trabalho, principalmente, na pesquisa, o que mostra o compromisso e o papel na produção do conhecimento”.

O reitor Alessandro Fernandes de Santana comemorou o avanço da Uesc no Latin America University Rankings do THE como mais um estímulo para o aprimoramento aos programas de internacionalização da Universidade. Para o reitor, “esse reconhecimento certamente influenciará positivamente a escolha da instituição por estudantes de pós-graduação de diferentes países da América Latina que vêm fazer seus cursos de mestrado e doutorado na Uesc.” O reitor ainda complementa que, além do esforço na construção da excelência nos aspectos relacionados ao ranking, “a universidade prioriza seu papel no desenvolvimento sustentável, implementando várias atividades de pesquisa relacionadas à área”. É sempre bom lembrar que a Uesc tem seu campus cercado pela Mata Atlântica e foi construída nos terrenos de uma grande fazenda de cacau.

Fonte: Ascom/UESC

Link permanente para este artigo: https://www.ilheus.net/2020/07/uesc-sobe-55-posicoes-no-ranking-the-para-america-latina.html

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.