Remédio em Casa beneficia pacientes diabéticos e hipertensos de Ilhéus

Lançado no último sábado (7) pela Prefeitura de Ilhéus, o Programa Remédio em Casa vai garantir acesso de pacientes diabéticos e hipertensos a uma assistência farmacêutica integrada. De acordo com o prefeito Mário Alexandre, a entrega domiciliar de medicamentos consiste no acompanhamento contínuo dos usuários cadastrados. O lançamento do programa aconteceu na Unidade de Saúde da Família, no bairro Nossa Senhora da Vitória.

“O programa dá continuidade ao projeto de humanização da saúde, em atendimento àquelas pessoas que muitas vezes possuem alguma dificuldade. Queremos que o tratamento não sofra nenhuma interferência ou prejuízo. Esse é um projeto de saúde eficiente que diminui custos, diminui as taxas de internação e o controle fica mais rigoroso”, ressaltou Mário Alexandre.

O cardiologista André Cezário, coordenador do programa, explicou que a iniciativa visa o acompanhamento dos pacientes crônicos. Ele lembrou que hipertensão e diabetes são umas das principais causas de mortalidade no Brasil.

“O prefeito Mário Alexandre solicitou a implantação do programa. São realizados exames de eletrocardiograma, consulta médica, aferição de pressão e medição de glicemia. Após a revisão de toda parte terapêutica, a receita é atualizada e o paciente incluído no programa, passa a ser beneficiado mensalmente com a entrega de medicamentos em sua residência”.

Cezário acrescentou que está sendo montada uma agenda para atender outras localidades do município. “Ideia primordial do prefeito é facilitar a adesão do paciente ao tratamento, o que levará a resultados positivos para a vida das pessoas. A intenção não é apenas entregar o remédio, mas dar uma atenção à saúde dessa população, prestando um atendimento resoluto”.

Geraldo Magela, secretário de Saúde, destacou a importância da estrutura do setor no município, com a participação efetiva das equipes com benefício no tratamento e na rotina dos pacientes assistidos. “O prefeito Mário Alexandre quer um atendimento de qualidade à população. Identificou as necessidades dos pacientes e junto aos parceiros implanta um serviço com caráter social e inclusivo”.

O aposentado José Soledade da Silva mora há 25 anos no bairro e conta que a iniciativa é inédita. “Esse programa é muito bom. Aqui cada um vai ser examinado, vai ter o seu remédio certo. Agradecido ao prefeito”. A aposentada Luzia Barbosa de Oliveira também avaliou o serviço. “Fomos bem atendidos pela equipe e não precisaremos fazer exames em outro lugar, tudo está sendo feito aqui. Nota dez para o prefeito”.

Ainda de acordo com Cezário, 160 pessoas foram atendidas na primeira etapa. A previsão é de que o programa chegue ao bairro Teotônio Vilela nos próximos dois meses. Contudo, o paciente que for atendido em outras unidades de saúde precisa levar a receita para atualizar junto à equipe do Programa Remédio em Casa.

Mário Alexandre agradeceu. “Ficamos gratos pelo reconhecimento do trabalho desenvolvido à frente da gestão municipal. Estamos reconstruindo a cidade, passo a passo, com ampliação da Atenção Básica preventiva e primária. Ilhéus sai do patamar de uma das piores redes de saúde para ser referência no Estado”.

A iniciativa no município conta com a parceria da Clínica 2 de Julho e da Drogaria Velanes.

Link permanente para este artigo: https://www.ilheus.net/2019/12/remedio-em-casa-beneficia-pacientes-diabeticos-e-hipertensos-de-ilheus.html

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.