Limpeza das praias de Ilhéus com óleo vazado reúne voluntários

A limpeza das praias atingidas pelo óleo no Nordeste está sendo feita a muitas mãos. Além de militares e técnicos, o trabalho conta com a participação de voluntários. São moradores, comerciantes e turistas que querem ajudar de alguma forma, a exemplo do Enoch Ramos, que passou parte da manhã da última sexta-feira (25), limpando a praia de Juerana, na região norte do município.

“A Prefeitura chegou após vinte minutos entrarmos em contato. Muito agradecido, pois pude ver a força-tarefa elaborada para conter os estragos. Ví aqui a Marinha, Bombeiros, Ibama, Inema, enfim, um conjunto bastante organizado que deu conta dessas demandas iniciais. Creio que mais manchas virão e tenho certeza que com esse exército, as praias do município serão limpas”, opinou.

Mas é preciso ter atenção já que o óleo pode causar problemas de saúde, como dor de cabeça, dificuldade de respiração, irritações na pele e até mesmo intoxicação. O alerta é do Ministério da Saúde, que lançou uma cartilha voltada para a população desses locais. Uma das principais recomendações é para não entrar em contato direto com o óleo sem proteção, especialmente em crianças e gestantes.

O Ministério também orienta evitar contato com a água e areia das praias. Caso entre em contato com o óleo, a população deve tomar cuidado ao retirar o produto. A Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) informou que em caso de reação alérgica, ou ingestão incidental, procurar uma Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima. Água e sabão, fricção mecânica e evitar retirar o produto com soluções tóxicas é parte da recomendação.

E para ajudar todos os envolvidos na limpeza, inclusive os voluntários, o Governo do Estado e Marinha do Brasil enviou esta semana, um carregamento contendo Equipamentos de Proteção Individual (EPI’s), para intensificar o trabalho de limpeza das praias do município. Outros estados também receberam os equipamentos, entre eles, Sergipe, Rio Grande do Norte, Alagoas e Pernambuco.

O kit contém equipamentos como botas, luvas, calças, protetor solar, pás e sacos para resíduos, para que todos possam atuar com segurança e sem riscos à saúde. O material foi recebido pelas prefeituras e defesas civis locais. Segundo o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Meio Ambiente e Urbanismo, Jerbson Moraes, o material vai ajudar no trabalho de limpeza dessas praias.

“Temos que nos preparar ainda mais, junto com o os governos estadual e federal para lidarmos com esse desastre. O Governo do Estado disse que Ilhéus será a sede do Sul e Extremos Sul, pois conseguimos articular com eficiência, ações juntamente com a Marinha, Corpo de Bombeiros Militar, órgãos ambientais, instituições e empresas com o objetivo de manter nossas praias limpas e livre dessas manchas”, salientou.

Até agora, segundo o Comitê Interinstitucional, já foram retiradas ao todo, cerca de 10 toneladas de óleo das praias de Ponta do Ramo, Ponta da Tulha, São Domingos e Praia da Avenida, no centro. As manchas de petróleo em praias do Nordeste já atingiram pelo menos 225 localidades em mais de 80 municípios de nove estados.

Link permanente para este artigo: https://www.ilheus.net/2019/10/limpeza-das-praias-de-ilheus-com-oleo-vazado-reune-voluntarios.html

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.