A temporada brasileira de cruzeiros 2019/2020 será mais longa e com um navio a mais

MSC

Uma onda de otimismo chega com a aproximação da temporada nacional de Cruzeiros 2019/2020. O primeiro navio a atracar na costa brasileira será o MSC Fantasia, no dia 15 de novembro, em Salvador, e o último será o Costa Fascinosa, com embarque no dia 14 de abril, em Santos, para oito dias de viagem. Será a primeira vez que o Brasil terá um Cruzeiro de Páscoa.

Ao todo, serão oito embarcações: MSC (Seaview, Sinfonia, Fantasia, Musica e Poesia), Costa (Pacifiica e Fascinosa) e Pullmantur (Soberano – fretado pela CVC Corp), trazendo 530.121 leitos, divididos em 144 roteiros e 575 escalas.

Com um navio a mais e, consequentemente, uma oferta maior de leitos, a expectativa é que aumente em 6,5% o número de cruzeiristas na temporada que está prestes a começar, podendo chegar a 493 mil pessoas embarcadas (em 2018/2019 foram 462 mil).

Mais longa, a temporada terá 928 dias de navegação por destinos bastante desejados pelos brasileiros, com Rio de Janeiro, Santos, Búzios, Salvador, Ilha Grande, Ilhabela, Ilhéus, Balneário Camboriú, Portobelo, Cabo Frio, Recife, Angra dos Reis, Maceió, Ubatuba e Fortaleza. A lista fica completa com a grande novidade da temporada, Itajaí, em Santa Catarina, que passará a ter embarques e desembarques, ampliando as opções para os moradores da região Sul do país.

“Se as estimativas se confirmarem, na temporada que se inicia este ano será registrado o terceiro período consecutivo de crescimento, após cinco temporadas seguidas de retração. O setor gerou um impacto de R$ 2.083 bilhões na economia nacional, na temporada 2018/2019. A previsão é que em 2019/2020 esse impacto seja de R$ 2,2 bilhões”, disse Marco Ferraz, presidente da CLIA Brasil (Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *