Preso suspeito de matar mototaxista em Ilhéus

Um homem foi preso suspeito de participar da morte de um mototaxista, baleado depois de ter a moto roubada por um passageiro, em Ilhéus, cidade do sul da Bahia. Segundo a polícia, a prisão ocorreu na terça-feira (3). Outros dois homens também estão presos pelo crime.

Lucas Lima Silva foi preso no bairro Banco da Vitória e é apontado como mentor do roubo da motocicleta, que terminou na morte de Edgar João dos Santos. Ele foi encaminhado para a delegacia e vai passar por audiência de custódia ainda nesta semana.

Edgar foi morto em julho deste ano, depois de aceitar uma corrida para o Condomínio Morada do Porto, na região do Banco da Vitória.

Segundo a polícia, ao chegar no local, o passageiro anunciou o assalto e Edgar tentou reagir, mas acabou baleado na cabeça e morreu no local. O suspeito fugiu com a moto e uma pochete que tinha os documentos da vítima.

Protesto

Cerca de 300 pessoas participaram de uma passeata, no dia 23 de julho, um dias após o crime, em protesto contra o caso e pedindo mais segurança.

Logo após o caso, Jonas Santos Pereira, conhecido como “índio”, e Wanderson de Oliveira, conhecido como “Banguelo”, foram presos suspeitos do crime.
 
De acordo com a polícia, durante a prisão, Wanderson disse que Jonas foi até a casa dele pedindo para guardar uma arma usada para atirar em um motoboy durante um assalto. Apesar disso, Jonas negou.

Informações do G1

Link permanente para este artigo: https://www.ilheus.net/2019/09/preso-suspeito-de-matar-mototaxista-em-ilheus.html

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.