Chega a 113 número de localidades atingidas por manchas de petróleo no Nordeste

O número de localidades afetadas pelas manchas de petróleo registradas em praias do Nordeste desde o início de setembro chegou a 113 nesse fim de semana, segundo o último levantamento do Instituto do Meio Ambiente (Ibama). Em Alagoas, o óleo chegou a 11 lugares em 9 municípios. Veja o mapa completo.

Desde o dia 02 de setembro o Ibama vem estabelecendo uma série de ações, juntamente com o Corpo de Bombeiros do Distrito Federal (DF), Marinha e Petrobras, com o objetivo de investigar as causas e responsabilidades do despejo.

Animais marinhos também sofrem com o problema, como tartarugas que apareceram no litoral completamente sujas de óleo.

O resultado conclusivo das amostras, solicitadas anteriormente pelo Instituto e pela Capitania dos Portos, e cuja análise foi feita pela Marinha e pela Petrobras, apontou que a substância encontrada nos litorais trata-se de petróleo cru, ou seja, não se origina de nenhum derivado de óleo.

Investigação do Ibama com apoio dos Bombeiros do DF aponta que o petróleo que está poluindo todas as praias seja o mesmo. Contudo, a sua origem ainda não foi identificada. Em análise feita pela Petrobras, a empresa informou que o óleo encontrado não é produzido pelo Brasil.

O Ibama requisitou apoio da Petrobras para atuar na limpeza de praias. Os trabalhadores que estão sendo contratados pela petrolífera são agentes comunitários, pessoas da população local, que recebem treinamento prévio da empresa para ocasiões em que forem necessários os serviços de limpeza. No entanto, o número efetivo de mão-de-obra dependerá da quantidade de pessoas treinadas disponíveis nas áreas.

Informações do TNH

Link permanente para este artigo: https://www.ilheus.net/2019/09/chega-a-113-numero-de-localidades-atingidas-por-manchas-de-petroleo-no-nordeste.html

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.