ILHÉUS: Sesau debate inclusão do COAPES nas unidades de saúde

ILHÉUS: Sesau debate inclusão do COAPES nas unidades de saúde 1

Foto: Rodrigo Macedo

Articuladores da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) e representantes das instituições de ensino superior estiveram reunidos durante esta segunda-feira (19), no Centro Administrativo, bairro Conquista, com o objetivo de iniciar o processo para a formalização do Contrato Organizativo de Ação Pública Ensino-Saúde (COAPES). Na ocasião foram discutidas políticas públicas de inclusão, diretrizes e ações de integração do ensino e serviço à comunidade ilheense.

O encontro contou com a presença do titular da Saúde, Geraldo Magela; coordenadora e apoiadora de Educação da Sesau, Dayse Santos; doutor em Ciências da Saúde da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), Márcio Florentino; coordenadores e diretores da rede municipal de saúde; representantes das instituições de ensino superior (IES), Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), Universidade Estadual do Sudoeste Baiano (UESB) e Faculdade Madre Thaís.

Através da ação conjunta será possível ordenar e ampliar os serviços prestados à população, como garantiu o secretário Geraldo Magela.

“A parceria firmada entre município e instituições irá promover, de forma significativa, o alcance aos serviços de saúde. A iniciativa é a garantia de uma rede com profissionais integrados, que fomenta pesquisas, promove debates e se mantém atualizada. Os estudantes terão contato direto com a realidade do mercado de trabalho antes mesmo da formação acadêmica”.

Investimento – O professor Márcio Florentino destacou que o investimento na rede de atenção básica é o primeiro passo para a articulação, aprimoramento e acesso a um sistema de saúde efetivo.

“O investimento na atenção primária faz toda a diferença. A discussão foi pautada na oferta e ampliação das linhas de cuidado, como é possível somar esforços entre as universidades e o serviço público para que as ações não retrocedam. Precisamos apostar no direito à saúde, que é uma garantia de todos”.

Dayse Santos disse que os compromissos pactuados irão fortalecer a relação entre as IES e a gestão em saúde.

“O COAPES assegura o compromisso assumido entre as partes envolvidas para a oferta de um serviço de qualidade. O processo é uma troca mútua, enquanto possibilita aos estudantes o ensino-aprendizagem com a prática profissional, auxiliando na qualificação dos profissionais, e, como consequência, o avanço do SUS”, pontuou.

Fortalecimento da saúde – A enfermeira e apoiadora de Educação da Sesau completou.

“Estamos vivenciando um momento propício para o desenvolvimento e fortalecimento do sistema municipal de saúde. Conseguimos reunir trabalhador, gestão, instituições de ensino e controle social no mesmo espaço, a fim de discutir ações prioritárias que atendam às necessidades sociais de saúde dos nossos clientes”.

Apoio institucional – A Secretaria de Saúde de Ilhéus ressalta que contratualização foi um movimento incentivado diretamente pelas IES e que a ausência em momentos de debates e articulações poderá comprometer futuramente a disponibilização de campos de estágios, pesquisas, extensão, ligas e residências. Os estudantes poderão desenvolver o seu estágio nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) do município.

Já no período da tarde, foi realizada uma oficina metodológica com os grupos de trabalho presentes. A Oficina teve o intuito de analisar programas e ações de fortalecimento das linhas de cuidado que circulam por toda a rede de saúde do município de Ilhéus.

O COAPES é um instrumento da Política Nacional de Educação Permanente em Saúde, instituído por meia da Portaria 1.127/15, para o fortalecimento da integração entre ensino, serviços e comunidade no âmbito do SUS. É voltado à celebração dos compromissos das instituições de ensino, programas de residência em saúde e gestões municipais e estaduais de saúde para o desenvolvimento das atividades de ensino-aprendizagem e formação no âmbito do SUS, especialmente nos serviços previstos por meio da Política Nacional de Atenção Básica em vigência, informou a Secom Municipal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *