Camacan: Menina de 12 anos é picada por cobra e morre após ser liberada de hospital

Foto: Arquivo Pessoal

Uma garota de 12 anos morreu na segunda-feira (5), cerca de 14 dias após ter sido picada por uma cobra em Camacan, cidade do sul da Bahia. Ela foi picada no dia 22 de julho, recebeu atendimento médico e foi liberada. Quatro dias depois, a menina passou mal novamente, foi internada, mas não resistiu.

De acordo com a família da menina, Pamela Costa Gomes foi picada quando brincava na casa de uma amiga, na rua Renato Cabral, centro de Camacan. A cobra que picou a menina foi capturada.

“Ela mora em Porto Seguro com a mãe, mas estava de férias e veio passar uns dias comigo [em Camacan]. Quando estava na casa da amiguinha, brincando, foi picada”, contou o pai de Pamela, Manoel Gomes Souza.

Ele contou que após a menina ser picada, no dia 22 de julho, a levou para a Fundação Hospitalar de Camacan, mas que na unidade não tinha o soro antiofídico usado em casos de picadas de animais peçonhentos. O homem, que só tinha Pamela como filha, disse ainda que a menina tomou soro comum por cerca de 1h30 e, em seguida, foi liberada.

“O médico pediu ambulância para levar ela para Itabuna. Fez o encaminhamento e, quando ele falou que ia para Itabuna, eu vim em casa, peguei roupas para mim e para ela e voltei para o hospital. Quando voltei, o médico pediu para esperar um pouco. Ele achou a cobra pequena e disse que o animal fez um risco no pé dela. Ele [o médico] viu que ela já estava melhor e achou que não precisava ir para Itabuna”, contou Manoel.

Link permanente para este artigo: https://www.ilheus.net/2019/08/camacan-menina-de-12-anos-e-picada-por-cobra-e-morre-apos-ser-liberada-de-hospital.html

1 comentário

    • Meire ouro em 7 de agosto de 2019 às 12:09
    • Responder

    Revoltante uma situação dessa,a mais ou menos dois meses ,uma índia,que mora na zona rural também foi picada e levada ao mesmo hospital,que não tinha o soro antiofídico e foi levada p Itabuna.
    O curioso é que a perna da índia foi picada e teve um arranhão muito grande e profundo…foi alegado que não teria sido picada de cobra.
    Só depois de ter ido para o hospital de base em Itabuna e passado por exames,foi comprovado realmente que foi picada de cobra..medicada e passando alguns dias no HBLEM.
    A Índia teve alta e felizmente passa bem..depois de ter passado por grande demora no atendimento médico em ambos hospitais.

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.