Formado na base do Itabuna, atacante é a contratação mais cara de clube inglês

Formado na base do Itabuna, atacante é a contratação mais cara de clube inglês 1

Foto: Arquivo Pessoal/Instagram

O atacante Wesley Moraes, de apenas 22 anos, se tornou a contratação mais cara do Aston Villa, equipe de médio porte da Inglaterra que disputa a Premier League (primeira divisão) e desembolsou cerca de R$ 105 milhões para ter o atleta brasileiro. O jogador, que saiu do Club Brugge após uma excelente passagem, foi formado nas categorias de base de um clube baiano, o Itabuna Esporte Clube.

Natural de Juíz de Fora, Minas Gerais, Wesley jogou no azulino entre 2009 e 2015, mas foi vendido ao Atlético de Madrid antes de se tornar profissional e ficar conhecido nos gramados da Bahia. Do time espanhol, ele foi emprestado para um clube da Eslováquia, quando em 2017 foi em definitivo para o Club Brugge, da Bélgica.

Pelo clube belga, Wesley disputou 130 partidas, com 38 gols e 14 assistências que ajudaram a equipe a conquistar dois Campeonatos Belgas (2015/2016 e 2017/2018) e duas Supercopas da Bélgica (2016/2017 e 2018/2019). Neste período, o atacante venceu duas vezes o prêmio de melhor jovem jogador da Bélgica e se tornou um dos xodós da torcida, segundo informações do Globo Esporte.

No alto de seu 1,91m, o mineiro diz se inspirar em Ronaldo Fenômeno e no italiano Ballotelli. Como não jogou profissionalmente no Brasil, Wesley faz questão de falar um pouco do seu estilo de jogo e avisar que agora, na Premier League, vai ser mais fácil acompanhá-lo:

“-Eu saí muito cedo do Brasil, não cheguei a jogar no profissional de nenhum clube brasileiro. Se eu tivesse que me definir diria que sou um atacante forte, com um bom chute. O pessoal acha que eu não sou rápido por causa da minha altura, mas sou também. Mas agora o pessoal do Brasil vai poder me acompanhar melhor na Inglaterra”, informou o Bahia.BA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *