Estudante é preso suspeito de exercício ilegal da profissão de dentista

Estudante é preso suspeito de exercício ilegal da profissão de dentista 1

O estudante Paulo Henrico Almeida, 38 anos, foi preso na manhã desta terça-feira, acusado de exercício ilegal da profissão de dentista nas cidades baianas de Itabuna e Vitória da Conquista. Ele foi preso após uma denúncia feita no mês de maio pelo Conselho Regional de Odontologia (CRO).

De acordo com informações do Blog Pimenta, os mandados de busca e apreensão foram feitos num consultório odontológico, localizado na Avenida Princesa Isabel, no bairro São Caetano. O suspeito seria sócio do estabelecimento. Durante a ação, foram apreendidos documentos que comprovam que Paulo Henrico vinha realizando atendimento odontológico mesmo sem possuir o diploma universitário.

A polícia investigará também o envolvimento do suspeito com estelionato, pois além do exercício ilegal da profissão, o acusado ameaçava os pacientes que reclamavam das consultas e, segundo o delegado Humberto Matos, ele passava valores acima do combinado nas máquinas de cartão de crédito e débito.

O CRO disse que o estudante não podia exercer a profissão, mas publicava nas redes sociais fotos em que estava atuando como dentista, além de ter se apresentado como tal, informou o Jornal A Tarde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *