Veja notas de corte de instituições baianas no Sisu

Veja notas de corte de instituições baianas no Sisu 1

Os estudantes que realizaram a última prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), não zeraram a prova de Redação e buscam ingressar no ensino superior na Bahia têm de hoje até sexta-feira para concorrer a uma das 6.809 vagas de nove instituições de ensino, em 32 cidades do estado.

As vagas do segundo semestre são, tradicionalmente, menos concorridas que as do primeiro, e a nota de corte (pontuação mínima para ingresso em determinado curso e que é estipulada pelo Ministério da Educação) também costuma ser menor.

Na Universidade Federal da Bahia (Ufba), por exemplo, ainda que Medicina lidere a nota de corte, ela é 18,59 pontos a menos, na ampla concorrência. Em 2018.2, a nota de corte do curso foi de 770,87 pontos, enquanto que no primeiro semestre deste ano chegou a 789,46.

No curso de Engenharia Elétrica, um dos mais concorridos, a diferença é ainda maior, de 26,92 pontos (foi de 740,12 na seleção de 2018.2 e de 767,04 na do primeiro semestre deste ano). Na Ufba, para este segundo semestre, serão oferecidas 1.532 vagas, o maior número entre as instituições do estado.

Outros cursos muito procurados na Ufba são os de Engenharia Mecânica (nota de corte de 738,39 na seleção de 2018.2 e de 752,17 em 2019.1), Direito (730,05 em 2018.2 e de 749,52 em 2019.1), Odontologia (728,55 em 2018.2 e 744,67 em 2019.1) e Psicologia (711,92 em 2018.2 e 738,23 em 2019.1).

A partir do dia 12 deste mês, a Ufba disponibilizará em seu site oficial um link para que os interessados em ingressar na instituição façam uma pré-matrícula online e insiram informações pessoais, como comprovação de renda.

“Por meio do sistema, ele poderá informar se está concorrendo a uma vaga destinada a cotas raciais, ou informar o número do Cad Único para comprovar que é de baixa renda e garantir benefícios”, informou o coordenador de seleção da Ufba, Osanar dos Reis Silva. “Assim, poderemos agilizar os procedimentos internos e ganhar tempo”.

Além da Ufba, estarão com vagas neste segundo semestre pelo Sisu a Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (1.375), a Universidade do Estado da Bahia (1.065), a Universidade Estadual de Feira de Santana (1.007), o Instituto Federal da Bahia (990), a Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (391), o IFBaiano (200), a Universidade Federal do Sul da Bahia (145) e a Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (104 vagas).

Sul da Bahia

Na Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), que tem campus em Itabuna, Porto Seguro e Teixeira de Freitas, será a primeira vez que será oferecida vaga para o segundo semestre. No campus de Itabuna, as vagas são para Engenharia Agrícola e Ambiental (20), Engenharia Ambiental e da Sustentabilidade (30) e Engenharia Florestal (20).

No campus de Porto Seguro haverá vagas para Antropologia (20), Artes do Corpo em Cena (5), Ciências Biológicas (10), História (10), Oceanologia (20) e Som, Imagem e Movimento (10).

Em 2018, na UFSB, houve vagas apenas para o primeiro semestre pelo sistema unificado, e os cursos com maiores notas de corte foram os de Bacharelado Interdisciplinar em Saúde (campus Jorge Amado – Itabuna), com 648,19 pontos; o Bacharelado Interdisciplinar em Saúde (campus Paulo Freire  – Teixeira de Freitas), com 630,79 pontos; e o Bacharelado Interdisciplinar em Saúde (campus Sosígenes Costa – Porto Seguro), 630,56.

Já no primeiro semestre deste ano, os cursos que lideram as notas de corte foram os de Licenciatura Interdisciplinar em Ciências Natureza  (Teixeira de Freiras), com 619,9 pontos, o Bacharelado Interdisciplinar em Humanidades  (Itabuna), 617,57; e Bacharelado Interdisciplinar em Humanidades  (Porto Seguro), com 612,26 pontos.

A Uesb informou a nota de corte do primeiro semestre deste ano, quando os três cursos mais concorridos foram os de Medicina (795,05 pontos), Odontologia (752,9) e Fisioterapia (725,02).

A Uesb declarou que não tem os dados da primeira chamada do Sisu 2018.2, “pois o sistema fecha logo em seguida”, e declarou que, “de acordo com a Secretaria-Geral de Cursos, dispomos das informações a partir da segunda chamada”. A instituição informou que metade das vagas dos cursos de graduação é destinada ao Sisu, o que amplia a abrangência da instituição no cenário nacional, já que candidatos de todo o país utilizam a nota do Enem para tentar uma vaga em um dos campi em Jequié, Vitória da Conquista e Itapetinga.

O CORREIO solicitou às demais instituições que informassem os cursos com maiores notas de corte, mas não houve retorno.

Na primeira edição de 2019 do Sisu, mais de 15 mil inscritos concorreram a 615 vagas disponibilizadas pela Uesb. Desse número, a previsão é que 107 municípios baianos tenham estudantes ingressando no primeiro semestre letivo de 2019 em Itapetinga, Jequié ou Vitória da Conquista. Além desses, diversos estados brasileiros tiveram candidatos aprovados: Minas Gerais, São Paulo, Espírito Santo, Rio de Janeiro, Mato Grosso, Pernambuco, Sergipe, Ceará e Piauí.

Áreas de abrangência

O professor Luiz Otávio de Magalhães, reitor da Uesb, avalia esses números divulgados pelo Ministério da Educação como uma consolidação da Universidade no cenário estadual e nacional.

“O Sisu contribui para ampliar as áreas de abrangência e influência da Uesb. Vejo esses números como uma demonstração de que a Uesb, hoje, embora esteja inserida, e tem que estar inserida, no contexto regional do Sudoeste baiano, é uma instituição acadêmica da Bahia, do Nordeste e do Brasil”, disse.

No primeiro semestre deste ano, o curso mais procurado pelos candidatos no Sisu foi Administração, com mais de 1.300 inscritos, seguido pelo curso de Direito, escolhido por 1.141 candidatos. Medicina, no campus de Jequié, contou com 825 inscritos.

As graduações em Pedagogia e Educação Física, ambas no campus de Jequié, contaram, respectivamente, com 765 e 691 inscritos, o que demonstra que as licenciaturas também ocuparam um lugar de destaque nessa procura. Além disso, dados revelam que até mesmo os três cursos menos procurados no Sisu do primeiro semestre tiveram concorrência de dez pessoas para uma vaga. 

Informações do Correio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *