Avaliados em R$ 2 milhões: Receita Federal apreende cerca de 4 mil importados sem nota fiscal

receita federal

Em mais uma de suas operações que visam desencorajar o contrabando e descaminho, a Receita Federal apreendeu nessa terça-feira (04) bens avaliados em R$ 2 milhões.

Por volta de 4 mil produtos foram localizados no Centro de Tratamentos de Cartas e Encomendas dos Correios em Bauru (SP), entre eles, estavam celulares, relógios, roteadores, receptores de satélite e mais – todos importados e comprados pela internet.

Os bens não possuíam nota fiscal, por isso, foram classificados como contrabando e, por isso, apreendidos – além disso, os smartphones (fabricados na Coreia do Sul), não tinham autorização para operar aqui no Brasil.

De acordo com o órgão fiscalizador, os produtos em questão foram contrabandeados por cerca de 100 empresas que operam na fronteira com o Paraguai – as mesmas serão intimadas para prestar esclarecimentos à Receita. Uma das firmas, inclusive, chegou a enviar mais de 200 smartphones na mesma encomenda.

Após a apreensão dos bens, com certeza diversos consumidores ficarão no prejuízo. Mas esse é um dos riscos quando compras são realizadas em sites que, muitas vezes, operam de forma ilícita sem pagar os devidos impostos em suas operações.

Vale relembrar que a pena do crime de contrabando é de reclusão de dois a cinco anos, já o de descaminho pode render de um a quatro anos atrás das grades.

Lembrando que a Receita Federal realizou ao final de maio leilões com iPhones a partir de R$ 500, incluindo também nas ofertas diversos outros eletrônicos.

Via

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Life Saúde
Life Saúde