Pagamento do BPC, Bolsa Família e aposentadorias serão suspensos a partir do final do mês; entenda

Pagamento do BPC, Bolsa Família e aposentadorias serão suspensos a partir do final do mês; entenda 1

O presidente Jair Bolsonaro confirmou que, sem a aprovação pelo Congresso Nacional do projeto de crédito suplementar de R$ 248,9 bilhões (PLN 4/19), os pagamentos do Benefício de Prestação Continuada (BPC), aposentadorias, Bolsa Família, PRONAF e Plano Safra serão suspensos. O presidente também revelou as datas que podem ocorrer essas suspensões.

De acordo com o presidente, o pagamento do Benefício de Prestação Continuada (BPC), destinado a idosos de baixa renda e pessoas com deficiência, será o primeiro a ser atingido e terá que ser suspenso dia 25 deste mês.

Ele também adiantou que nos meses seguintes [julho, agosto e setembro] faltarão recursos para o Bolsa Família, as aposentadorias do INSS, Pronaf [Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar] e Plano Safra.

Bolsonaro acrescentou que acredita “na costumeira responsabilidade e patriotismo dos deputados e senadores na aprovação urgente da matéria”.

O Governo busca no Congresso a aprovação de um crédito suplementar no valor de 248,9 bilhões de reais para garantir o pagamento de subsídios e benefícios assistenciais sem descumprir a chamada regra de ouro, que impede o governo de emitir dívida para pagar despesas correntes.

Na última quarta-feira (5), depois de fracassar a tentativa para um acordo sobre o parecer do deputado Hildo Rocha (MDB-MA) ao projeto de crédito suplementar, o presidente da Comissão Mista de Orçamento (CMO), senador Marcelo Castro (MDB-PI), suspendeu até a próxima terça-feira (11) a discussão do assunto no colegiado.

O governo tem pressa para ver a proposta aprovada. A expectativa do secretário do Tesouro Nacional, Mansueto Almeida, é de que o Congresso vote a matéria até o dia 15 de junho, caso contrário diversos benefícios serão afetados

BOLSA FAMÍLIA DE JUNHO

Apesar do impasse no Congresso Nacional, o pagamento do Bolsa Família de Junho já está garantido. Mais de 14,3 milhões de famílias de baixa renda em todo o país vão receber a partir da próxima sexta-feira (14). O Ministério da Cidadania deve transferir cerca de R$ 2,6 bilhões aos benefícios. O valor médio desembolsado para cada família para este mês é de R$ 186,73, mas tem famílias que recebem até R$ 372,00.

Calendário

O repasse do benefício segue o calendário escalonado. Para saber o dia em que poderá sacar, o beneficiário deve conferir o Número de Identificação Social (NIS) impresso no cartão do programa.

Os que terminam com final 1 podem sacar no primeiro dia do pagamento. Os com final 2, no segundo dia, e assim por diante. Os recursos ficam disponíveis para saque por um período de três meses.

CALENDÁRIO DE PAGAMENTO DE JUNHO

Final do NIS 1 – Pagamento em 14/06

Final do NIS 2 – Pagamento em 17/06

Final do NIS 3 – Pagamento em 18/06

Final do NIS 4 – Pagamento em 19/06

Final do NIS 5 – Pagamento em 21/06

Final do NIS 6 – Pagamento em 24/06

Final do NIS 7 – Pagamento em 25/06

Final do NIS 8 – Pagamento em 26/06

Final do NIS 9 – Pagamento em 27/06

Final do NIS 0 – Pagamento em 28/06

Informações do EBC e Simões Filho ON

6 respostas a Pagamento do BPC, Bolsa Família e aposentadorias serão suspensos a partir do final do mês; entenda

  • Nildo Cabral disse:

    Porque nós, aposentados temos que arcar com tudo isso? Porque ele não veta pagamentos de políticos, juízes e todos este que ganham milhares de reais sem fazer nada? O que consola é que os idiotas que colocaram essa aberração no poder, vão sofrer também. Parabéns, bolsominion por mais está “vitoria”!

  • Eu dependo da bolsa familia porque nao tenho renda estou com 60 anos.e dependo desse dinheiro dependo de favor do meu es marido durmo no chao na sala num conchao.ele e doente teve seis avc a familia nem liga para ele eu que corro atras de remedio faço tudo para ele senao ele morre e tenho um filho viciado em drogas. Eu cato latinha para vender nao podem fazer isso cortar de quem precisa

  • votei nesse vagabundo, pra agora tá fazendo isso com nós sou aposentado pelo BPC mas toda vida trabalhei como serralheiro e recolhi durante 12 anos.Agora que sou hipertenso e diabético não pude recolher os 15 anos mas não trabalhei os 12 anos tabalhei mais de 50 anos por isso acho injusto fazerem isso com nós idosos.

  • Carla Silva Nascimento disse:

    Meu Deus e agora o que será de nós ,que temos nossos filhos especial ?eu não posso trabalhar meu filho vai fazer outra cirurgia nas pernas e pés, não sei como vou me virar, eu dependo desse benefício meu Deus nós ajude

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *