Novo Intel SSD 660P chega com até 2TB e promessa de bom custo-benefício

Novo Intel SSD 660P

O SSDs 660P da Intel é a nova aposta da empresa para o mercado de SSDs no Brasil. O dispositivo promete ser uma boa alternativa para quem busca um componente do tipo para acelerar o boot do sistema e a inicialização de softwares. O modelo traz opções de 512 GB, 1 TB e 2 TB, além de padrão PCIe NVMe, que oferece taxas de leitura e de gravação maiores do que o SATA; nesse caso, são até 1.800 MB/s nos discos de 1 TB e 2 TB.

A Intel ainda não relevou os preços oficiais para os SSDs 660P no Brasil, já que os valores, segundo a fabricante, devem variar de acordo com o distribuidor. Apesar disso, a empresa diz que o produto tem uma relação dólar por GB bastante atraente, o que garante bom custo-benefício. O dispositivo já pode ser encontrados no varejo online por a partir de R$ 549, para a versão de 512 GB; R$ 859, para a variante de 1 TB; e por R$ 1.855, para a opção de 2 TB.

O novo SSD é a aposta da Intel para o mercado intermediário. De acordo com o líder da área de memórias da Intel no Brasil, Roberto Mattos, a empresa vê, para os próximos anos, uma adoção massiva de tecnologia de armazenamento em estado sólido. A previsão é de que, até 2021, 80% dos computadores e notebooks tenham um SSD em vez do tradicional HD. “O 660P pode ser utilizado para a maioria das funções que a gente vê hoje no uso tradicional de um PC, como assistir a vídeos, navegar na Internet ou usar o Pacote Office”, afirma o executivo. Jáara gamers e profissionais, a Intel oferece outras linhas mais poderosas de SSDs.

O SSD de 512 GB da série 660P, por exemplo, oferece taxa de leitura de 1.500 MB/s, enquanto sua velocidade de gravação chega a até 1.000 MB/s. Para se ter uma ideia, um SSD SATA, que já é muito mais rápido se comparado a um HD convencional, trabalha com taxas de leitura de 530 MB/s e gravação de 440 MB/s, em média.

O tipo de conexão dos dispositivos é o M.2, que já é comum em placas-mãe mais modernas e permite aos usuários aproveitar o máximo de desempenho com um consumo de energia menor. Os produtos têm valor de TBW variado, sendo: 100 TBW para o SSD de 512 GB, 200 TBW para o modelo de 1 TB e 400 TBW para a variante de 2 TB. Essa medida indica o número máximo de gravações a serem realizadas no SSD até que ele possa deixar de funcionar. Mesmo com estimativas pouco conservadoras, superar essa marca limite antes dos cinco anos de garantia oferecidos pela fabricante é pouco provável.

Além disso, os novos SSDs 660P vêm com memórias QLC NAND de 64 camadas, que podem armazenar quatro bits por célula, embora suportem menos ciclos de gravação do que os outros padrões. O dispositivo ainda oferece interface PCI Express, menos limitada do que o SATA.

Via

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Life Saúde
Life Saúde