Itacaré Eco Resort deixa de ir a leilão após decisão judicial

Itacaré Eco Resort deixa de ir a leilão após decisão judicial 1

Foto: Reprodução

O juiz da 3ª Vara do Trabalho de Ilhéus, José Cairo Júnior, em despacho na última sexta-feira (10), considerou oposição de Embargos de Terceiros e sustou o leilão do imóvel administrado pelo Itacaré Eco Resort que ocorreria nesta quarta.

Nesta quarta, o imóvel já havia sido retirado do site da Nordeste Leilões, como solicitado pela justiça. A direção do Itacaré Eco Resort informou em nota que tem cumprido pagamentos mensais de acordos celebrados e o equipamento continua operando normalmente.

De acordo com o advogado Milton Ventorim Junior, o Itacaré Eco Resort vem liquidando e compondo acordos em todos os processos trabalhistas.

“A política adotada para parcelamento e quitação dos direitos trabalhistas assegurados visam também a saúde financeira da empresa e este equilíbrio é de suma importância para a sobrevivência do empreendimento. A empresa vem quitando os débitos, mesmo com a grave crise econômica que assola o país e principalmente, a região sul da Bahia”, disse.

“Esta designação do leilão aconteceu porque, infelizmente alguns não concordaram com o parcelamento proposto e pediram a continuidade da execução. Em decisão acertada foi sustado o leilão e retirado da hasta pública designada, já que o embargante não figura em nenhuma Reclamação Trabalhista e defende inviável a penhora do bem. Enquanto se aguarda o julgamento desses Embargos de Terceiros, o Itacaré Eco Resort continuará com sua política de acordos e quitação, com respeito as decisões judiciais”, acrescentou.

Informações do Bahia.Ba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *