ILHÉUS: Profissionais da Saúde participam de seleção para o curso de preceptores do SUS

ILHÉUS: Profissionais da Saúde participam de seleção para o curso de preceptores do SUS 1

Foto: Rodrigo Macedo

Com o objetivo de contribuir para melhoria da atenção à saúde no SUS, a Prefeitura, através da secretaria de Saúde (Sesau), em parceria com o Ministério da Saúde, selecionou na última terça-feira (2), candidatos para uma formação de preceptores do SUS, com durabilidade de 1 ano. O curso, que ocorrerá na sede da secretaria, no centro de Ilhéus, é dirigido a profissionais e estudantes dos cursos de graduação em Medicina, que atuam em cenários reais de cuidado à saúde.

A iniciativa foi desenvolvida através de um convênio firmado com o Hospital Sírio-Libanês de São Paulo, Congresso Nacional de Saúde (CONAS) e Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (CONASEMS), que selecionou os municípios de Itabuna e Ilhéus para participarem da ação. Conforme orienta o projeto, a capacitação se destina preferencialmente, aos profissionais que atuam favorecendo a articulação ensino-trabalho e a utilização da abordagem construtivista na educação de adultos.

Durante a formação, projetos de intervenção ganham destaque na proposta de melhoria na assistência à saúde dos municípios pactuados, como contou a apoiadora e facilitadora de aprendizagem, Maria Hercília Valladares.

“Ao articularmos a formação deste público de saúde nos cenários do SUS colocamos essas diferentes modelagens e suas fundamentações em reflexão”, ressaltou. Ao todo, 40 candidatos de Ilhéus e Itabuna participaram da seleção, dos quais, 20 serão contemplados com o curso.

Formação – A preceptoria é uma modalidade de ensino em serviço, que forma profissionais em cenários de prática e que tem ocupado papel de destaque quando se discute a formação deste profissional de saúde. A preceptoria atende às Diretrizes Curriculares Nacionais para os cursos de graduação na saúde e ao princípio do SUS que preconiza a formação profissional no cenário de prática.

Os articuladores pontuam ainda que a ação propõe ainda reorientar a modelagem da atenção à saúde para sistemas integrados; articulação da promoção, preservação e recuperação da saúde, colocando em foco os resultados que agregam valor à saúde das pessoas. A vivência em sistemas integrados oportuniza para estudantes e profissionais uma atuação a partir da identificação de necessidades de saúde das pessoas e populações, informou a Secom Municipal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Life Saúde
Life Saúde