ITABUNA: Acusado de matar estilista a golpes de pá é condenado a 23 anos de prisão

ITABUNA: Acusado de matar estilista a golpes de pá é condenado a 23 anos de prisão 1

Jerry Vitor Rocha dos Santos é assassino confesso do estilista Marivaldo Ramos, conhecido como Mar Ramos, encontrado morto em Itabuna — Foto: SSP/BA

O jovem acusado de matar, com golpes de pá, o estilista Marivaldo Ramos, em agosto de 2018, foi condenado a 23 anos e 4 meses de prisão, em Itabuna. A informação é da coordenação da Polícia Civil de Itabuna, cidade onde ocorreu o crime, e consta no processo descrito no site do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA).

A sentença foi divulgada nesta terça-feira (12), mas foi proferida no dia 22 de fevereiro. Jerry Vitor Rocha dos Santos, que na época do crime tinha 18 anos, vai cumprir pena em regime fechado.

O estilista foi achado morto dentro do imóvel onde morava, no dia 8 de agosto de 2018. Dois dias depois, no dia 10, Jerry foi preso no Terminal Rodoviário de Itabuna, quando se preparava para fugir para São Paulo.

No momento da prisão, ele estava com os cartões de crédito roubados da vítima. Jerry tinha um mandado de prisão em aberto e estava sendo procurado pela Polícia Civil desde o dia do assassinato.

Após a prisão, Jerry foi conduzido à delegacia e confessou o crime durante o interrogatório.

O estilista Marivaldo Ramos era conhecido como Mar Ramos. Ele tinha 51 anos e morava em Itabuna há mais de 15. A casa onde ele foi encontrado morto também funcionava como ateliê de Marivaldo, que atuava como consultor e produtor de moda em Itabuna e outras cidades do sul do estado. A vítima tinha mais de 30 anos de carreira, informou o G1.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *