ILHÉUS: Família de paciente idoso que veio a óbito denuncia descaso no Hospital Costa do Cacau

ILHÉUS: Família de paciente idoso que veio a óbito denuncia descaso no Hospital Costa do Cacau 1

Familiares de um idoso de 68 anos denunciaram neste último sábado (23), o descaso no tratamento de um paciente no Hospital Regional Costa do Cacau, em Ilhéus.

De acordo com a família, o senhor ficou internado no Costa do Cacau para fazer exames, pois ele estava doente e muito debilitado, ao decorrer dos dias, ele foi piorando e precisou por diversas vezes ficar no balão de oxigênio, antes dele ir para o semi-UTI, ele tinha um acompanhante da família para dormir com ele e durante o dia outro integrante da família o acompanhava, durante a transferência dele para o semi-UTI, o paciente não podia mais ficar com um acompanhante.

A partir daí, a família ficou sem notícias dele, uma vez que não tinha mais um familiar acompanhando, tudo indica que a situação se agravou e a família não foi comunicada, a notícia que chegou a família foi que o paciente havia falecido, isso aconteceu às 11 horas da manhã, e a família só foi informada quando a esposa foi realizar uma visita às 16h.

Após isso, iniciou toda revolta, pois o paciente tem uma ficha clínica com todos os dados, e a pergunta que não quer calar, por quê o Hospital Costa do Cacau que é referência no estado, não entrou em contato com a família para informar o acontecido.

A esposa do paciente ficou totalmente desorientada na esperança de ver o marido vivo, e descobre que ele havia falecido a mais de 5 horas e o hospital não informaram a família, deste modo os familiares tiveram que aguardar a liberação do corpo, em seguida o SAF de Itabuna iniciou o preparo e o enterro foi feito tudo de última hora por falta de comunicação do hospital.

Muitos parentes não conseguiram aparecer e amigos não tiveram como serem avisados, desabafou ao ILHÉUS.NET.

Caso, o Hospital queira se manifestar estamos a disposição e/ou verificar a autenticidade da denúncia estamos à disposição.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *