Desembargador natural de Ilhéus é o mais novo cidadão honorário do DF

Desembargador natural de Ilhéus é o mais novo cidadão honorário do DF 1

O desembargador do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT) Josaphá Francisco dos Santos recebeu, na noite de quinta-feira (28/3), o título de Cidadão Honorário de Brasília. A comenda é concedida pela Câmara Legislativa (CLDF) a quem, embora não tenha nascido na capital federal, preste relevantes serviços para a população local.

A autoria da proposição é do vice-presidente da CLDF, Rodrigo Delmasso (PRB), que ressaltou a trajetória do magistrado. “Ele sempre teve atuação importante para a cidade, tanto no Tribunal RegionalEleitoral [TRE-DF] quanto no TJDFT, e sua história de vida o leva a merecer e receber esse título. Uma pessoa que conseguiu, por mérito próprio, alcançar um dos maiores cargos da magistratura brasileira”, disse o distrital.

Natural de Ilhéus, litoral da Bahia, o desembargador Josaphá dos Santos é formado em direito pelo UniCeub. No mesmo centro universitário, concluiu pós-graduação em processo civil e em metodologia do ensino superior. Foi, ainda, aluno especial do curso de mestrado em políticas públicas da mesma instituição. Além de ser professor de direito do trabalho, atuou como docente em faculdades e foi diretor da Escola Judiciária Eleitoral do Distrito Federal.

Naquele mesmo ano, tomou posse no cargo que ocupa até hoje. O desembargador integra a 5ª Turma Cível, a 1ª Câmara Cível, o Conselho Especial do TJDFT e atua como ouvidor substituto da Ouvidoria-Geral da Corte.

Realizada no plenário da Câmara Legislativa, a solenidade foi prestigiada pelo presidente do TJDFT, desembargador Romão Oliveira, e pelos colegas de tribunal, os magistrados Roberval Casemiro Belinati, Sebastião Coelho da Silva e Diaulas Ribeiro. O desembargador Hércules Fajores, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1), e o conselheiro Márcio Michel, do Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF), também participaram da cerimônia, informou o Grupo Metrópoles.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *