Biblioteca Central vive dia de cultura coreana com o Kpop Meeting Bahia 2019

Biblioteca Central vive dia de cultura coreana com o Kpop Meeting Bahia 2019 1

A 5ª edição do Kpop Meeting Bahia 2019 foi realizada neste sábado (23), na Biblioteca Central do Estado da Bahia (BCEB/Barris), em Salvador. A cultura da Coreia do Sul invadiu o espaço do quadrilátero da unidade com um recorde de público, comparado às edições passadas.

Com bate-papos, oficinas, exibição de séries coreanas, curso de idioma, jogos, comidas típicas, música pop e dança, entre outras programações, o evento integrou os fãs da cultura do país asiático. Para um dos organizadores do evento, Junot Freire, “esse é um momento de unir pessoas que curtem a cultura de outros países e, hoje, é como se tivéssemos um pouco da Coreia do Sul aqui no Brasil”. 
Apresentações de grupos cover e performances, com figurinos típicos, ocorreram ao som de famosos da Música Popular Coreana (Kpop), como Exo, Twice, BTS e Got7. “Danço há três anos e isso significa viver o que nossos ídolos vivem, pois passamos por todos os estágios que eles passam em relação a ensaios, coreografias e apresentações. Temos uma comunidade Kpop aqui em Salvador e somos conhecidos entre nós que curtimos esses costumes asiáticos”, afirmou o estudante Bruno Coutinho. 

Os admiradores do Kpop aproveitaram o momento para vender e comprar pôsteres com imagens dos ídolos, camisas, chaveiros, buttons, almofadas dos grupos musicais, assim como produtos fashions, maquiagens, cremes e pulseiras. De acordo com professora de matemática Aline Oliveira, destacou que “o Kpop é uma oportunidade de gerar uma renda extra. Vendo produtos coreanos os quais não são encontrados facilmente no comércio da cidade e meu ‘carro-chefe’ são produtos de beleza, já que os coreanos têm a tradição de cuidar da pele”. 
Já a jornalista Emily Falcão participou do evento vendendo pôsteres dos grupos coreanos. “Trouxe imagens dos mais famosos, do grupo e individual. As pessoas gostam e compram bastante”, disse Falcão. Ainda segundo ela, “muita gente quer ter a foto do ídolo em casa e isso me traz uma fonte de renda com prazer e diversão”.
Com apoio da Fundação Pedro Calmon (FPC), vinculada à Secretaria de Cultura do Estado (Secult), o Kpop Meeting Bahia se tornou um encontro anual de cultura coreana, com foco na literatura e música pop coreana. Para a coordenadora do Núcleo de Produção Cultural Viva da BCEB, Silvia Dias, “o evento é uma oportunidade dos jovens se aproximarem da biblioteca, onde eles podem ter acesso ao mundo da leitura. Então buscamos fazer esse acolhimento através da cultura, uma vez que a biblioteca também é um espaço cultural”. 
Localizada nos Barris, a Biblioteca Central oferece orientação às pessoas com deficiência visual, seminários, palestras, visitas guiadas e técnicas, exposições, orientação à pesquisa, espetáculos musicais, saraus e recitais. Com 207 anos de existência, é a biblioteca mais antiga da América Latina e primeira pública do Brasil. 
Atualmente, a unidade possui um acervo de 600 mil exemplares, distribuídos por setores como Braille, Infantil, Pesquisa/Referência, Obras Raras e Valiosas, Documentação Baiana, Artes e Audiovisual. A biblioteca funciona de segunda a sexta, das 8h30 às 19h, e aos sábados, das 8h30 às 13h.
Fonte: Ascom/FPC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *