Crise em Itacaré derruba ocupação de hotéis em até 50% e deixa pousadas vazias

Onde ficar em Itacaré (Foto: Esse Mundo é Nosso)

A crise ainda vem afundando também o setor hoteleiro da região Sul da Bahia, segmento em que muitos investidores apostaram no início do ano. Pousadas que serviam de alojamento para os turistas, hoje estão praticamente vazias. Os hotéis que recebiam empresários e engenheiros agora sofreram uma queda de até 50% na taxa de ocupação.

Este final de semana, encontrei um dono de Hostel de Itacaré, do Rio Grande do Sul, que informou que vai retornar para a terra natal, por conta que neste país está difícil trabalhar, é uma carga tributária enorme, finalizou.

Link permanente para este artigo: https://www.ilheus.net/2019/02/crise-em-itacare-derruba-ocupacao-de-hoteis-em-ate-50-e-deixa-pousadas-vazias.html

18 comentários

Pular para o formulário de comentário

    • Alexandre Pauliello em 26 de fevereiro de 2019 às 19:01
    • Responder

    Quem publicou esse artigo, deveria se informar mais antes de afirmar essase informações. Itacaré está entre os locais mais procurados na Bahia e com suas atrações tem trazido tanto o público de cidades vizinhas com turistas de sudoeste e sul que vem a procura de tranquilidade lindas praias e um povo acolhedor. Muitos turistas que vieram para a virada do ano elogiou muito o destino destacando as acomodações restaurantes e os preços. Desta forma essa publicação não condis com a realidade de Itacaré.

  1. A postagem é de acordo com o relato de um proprietário de Hostel na cidade supracitada, não estamos falando de um período somente, como foi citado réveillon, estamos falando de todo período, de novembro pra cá praticamente. Bem sabemos que os períodos festivos lotam, mas agora como está. Falamos de uma totalidade, não de um período sazonal.

  2. Desculpe, vc publica essa reportagem baseada num hostel que provavelmente foi arrendado por uma pessoa que nao sabe trabalhar com hotelaria. Eu tenho um hostel e pousada há 18 anos, realmente esse ano foi mais fraco que o ano passado, devido ao carnaval ser em março, como acontece todos os anos. Já estou há 18 anos no mercado, se fosse ruim ja teria ido embora. Meu reveillon foi lotado e meu carnaval ja esta lotado e pascoa também. Me poupe

    1. Pronto, meu nobre, vc reconheceu que este ano foi ruim. O período que englobo é esse que vc disse, fraco, sazonal (de uma época), sim valeu a pena. A reportagem quer dizer que na totalidade, foi ruim.

    • Maria Luiza em 26 de fevereiro de 2019 às 20:38
    • Responder

    Infelizmente só períodos de festas/feriados não paga nossas contas, nós comerciantes da cidade temos funcionários e boletos para pagar todos os meses. Antigamente trabalhavamos o verão e garantiamos nosso inverno, hoje isso se tornou impossível.

    1. É disse que estou falando e o empresário acima não entendeu. O alerta não é que Itacaré tem que se lascar, mas sim, que as autoridades revejam algo para atrair mais turistas.

      • Eu em 27 de fevereiro de 2019 às 12:15
      • Responder

      Esse é o problemas, certos comerciantes e empresários assim estão acostumados a explorar o turista em 2 meses de verão para se sustentar o ano inteiro e n precisar trabalhar mais. Trabalhe direito, crie parcerias com agências de turismo, inove, faça promoções que vc terá clientes o ano inteiro.

    • Melk Rabelo em 26 de fevereiro de 2019 às 20:43
    • Responder

    Lugarzinho ruim.Passar três dias em Itacaré, melhor passar na roça onde não tem nada..

    • Cida em 26 de fevereiro de 2019 às 21:25
    • Responder

    Acho equivocado os comentários e um tanto irresponsável! Dizer q a crise chegou em Itacaré!
    Vcs q são responsáveis pela comunicado devem estar muito bem informados antes de publicar algo com relação ao que quer q seja!

    Tenho empresas há 16 anos em Itacaré e já passamos por momentos bons e momentos ruins, faz parte!
    Temos q estar preparados para esses momentos!

    Alguns de Itacaré estavam acostumados a trabalhar 3 meses por ano! Essa realidade mudou, ou trabalha o ano todo ou de fato tem q fechar as portas e ir embora! Só existe crise para quem não quer trabalhar! O turismo nao Aceita mais Gigolôs.

  3. Acredito que vcs estão ficando doidos. Vão estudar um pouquinho de exegese e hermineutica. Assim vcs entendem. EU ESTOU FALANDO DE UM PERÍODO DE NOVEMBRO ATÉ A ATUALIDADE. SE NÃO ACEITAM, VÃO CUIDAR DOS SEUS NEGÓCIOS.

    Em vez de criticar, vão ler a CF 1988, liberdade de opinião e expressão, e a minha foi fundamentada em um empresário daí, se ele é gigolô ou não, não importa.

    O fato é foi ruim pra vcs e ponto final.leiam e releiam meus comentários, que vcs verão que tenho nada contra o roteiro turístico de Itacaré, até eu passeio.

    Opinião é opinião, não precisa tentar abafar.

    • Viny em 27 de fevereiro de 2019 às 01:25
    • Responder

    Conheço Itacaré desde que nem existia o asfalto vindo de Ilhéus. Posso apontar dois grandes problemas que afetam essa linda cidade. 1° Desde os primórdios, os gestores que passaram pela prefeitura nada fizeram pela cidade. É um lugar desorganizado, sem infraestrutura, em épocas festivas o lixo se acumulam por todos os cantos da cidade ( até mesmo fora de festas), esgoto sendo despejado na praia linda da orla (coroinha). Lembrando sempre da coroinha lotada, por volta das 3 horas da tarde, aquela água clara e morna, a praia limpa. Hoje só tem esgoto, lama e urubu. O 2° ponto que afasta muito dos turistas, são os preços super abusivos cobrados em pousadas e restaurantes. Convenci um casal de amigos a passar um fim de semana em Itacaré mês passado, relacionei em um papel 6 pousadas medianas que eu já tive o prévio de conhecer. Chegando lá eles ficaram abismados com o valor cobrado pela diária. Ficaram apenas 1 dia, logo depois seguiram pra o cana brava em Ilhéus, se hospedaram por 4 diárias e usufruíram daquela maravilhosa infraestrutura e pagaram 25 reais a menos que a diária da pousada mediana que hospedaram em Itacaré. O que mais chamou a atenção, é que a pousada que ele se hospedou em Itacaré na estava nem com metade de sua lotação máxima e mesmo com tantos leitos vazios, o gerente não teve interesse de negociar o preço para 5 diárias, assim como as outras 4 ou 5 outras pousadas que ele passou anteriormente pra conhecer a infraestrutura.

    • Iêda Ferreira em 27 de fevereiro de 2019 às 07:05
    • Responder

    Se há crise para alguns não sei, sou turista e em julho estou indo pela segunda vez porque amei tudo, atendimento, comida , praias lindas e o preço não está lá nas alturas, recomendo a todos os meus amigos e são só elogios, pois muitos já conhecem, lutar faz parte da vida , que graça teria a vitória sem luta.

      • Scheila em 27 de fevereiro de 2019 às 14:24
      • Responder

      Venha mesmo e se hospede conosco. Vamos adorar receber e nossos preços são ótimos.Sempre negociamos e fazemos o possível para deixar turistas satisfeitos. #pousadacataventoitacare @pousadacataventoitacare. A pousada Catavento está na praia da concha. Pousada pequena e acolhedora.whats para contato: 51 995013187

    • Marluz em 27 de fevereiro de 2019 às 08:16
    • Responder

    Com crise ou sem crise…
    Itacaré é uma cidade maravilhosa!”
    Está linda!
    É muito bom passear nesse paraiso!
    Boa sorte a todos!

    • Carlos Diogenes em 27 de fevereiro de 2019 às 12:23
    • Responder

    E os mosquitos?

    Tanto em Itacaré como Barra Grande estão infestadas de pernilongos. Estive em janeiro de 2019 aí e contraí Zica. Ninguém fala nada. Por medo de afugentar os turistas.

    • Ione Renata de Almeida em 27 de fevereiro de 2019 às 13:37
    • Responder

    Minha irmã e meu cunhado tem pousada lá, e pelo que sei a cidade está sempre cheia, claro que em época festivas mais , mesmo assim o lugar é maravilhoso e muito procurado. Tenho conhecidas que já foram 8 vezes. Eu infelizmente fui só 2 apesar de ter minha irmã lá a 18 anos. Mas por falta de tempo ñ fui mais . Mas amo esse lugar
    .

    • Tatiana Tristão em 27 de fevereiro de 2019 às 19:08
    • Responder

    Itacaré é uma cidade , linda, acolhedora, com um povo alegre e trabalhador. Itacaré é meu sonho de morada e se Deus quiser daqui dois anos tô somando com esse povo. Vou todos os anos e só vejo a cidade prosperando, converso com o povo vejo otimismo e entusiasmo. Agora é muita falta de bom senso veicular uma informação de largo alcance baseada em dados tão frágeis. A gente abençoa onde mora e ajuda a crescer e já vou começar desde agora defendendo minha cidade do coração.

  4. Amo Itacaré, já fui 2 vezes , estou esperando a minha aposentadoria para passar uns dias aí , pretendo alugar uma casa bem perto da praia das conchas é o meu grande sonho . Alguém conhece algum dono de casa ou apê para eu alugar? Amo lugares pequenos e perto de praia, adoro um sol.

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.