Nordeste questiona cálculo do Ideb

Pelo menos seis governadores do Nordeste, incluindo o da Bahia, Rui Costa, divulgaram uma carta aberta criticando o cálculo do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb 2017) referente ao ensino médio para as redes estaduais e que constatou um nível 2 de proficiência no aprendizado de língua portuguesa e matemática. A Bahia, por exemplo, ficou ainda um pouco abaixo dessa média, definida como “o fundo do poço” pelo ministro da Educação, Rossieli Soares.

De acordo com o documento, o estudo calculou a média sem considerar os estudantes do Curso Técnico Integrado e, portanto, não retrata a realidade. “Modalidade essa que, em alguns estados, responde por mais de 15% da matrícula de toda a rede, representando milhares de estudantes que, sim, participaram do Saeb em suas respectivas escolas, em 2017”.

QUEM ERROU? – O secretário da Educação da Bahia, Walter Pinheiro, também questionou:

– Nenhum estado conseguiu atingir a meta do Ideb no ensino médio. Então foi erro de todo mundo ou a metodologia desconsiderou diversos fatores? Não é possível mudar na undécima hora a base de cálculo – disse ao Jornal A Tarde.

Link permanente para este artigo: https://www.ilheus.net/2018/09/nordeste-questiona-calculo-do-ideb.html

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.