Curso de salvamento em Ilhéus reúne surfistas e salva vidas

Diminuir a mortalidade por afogamento e conscientizar surfistas e salva-vidas, através de técnicas de busca e salvamento, foram os objetivos da segunda edição do curso “Surf-Salva”, realizada, no domingo, 21 de julho, na Praia do Sul próximo ao Condomínio Paraíso Tropical. O evento é resultado de parceria do Corpo de Salva-vidas da Prefeitura de Ilhéus com a Sociedade Brasileira de Salvamento Aquático (Sobrasa), que tem contado com grande adesão do público alvo. Somente este ano, mais de 80 frequentadores das praias já participaram do treinamento.

O idealizador e coordenador do curso, Domingos Madureira, diz que o mesmo possui conteúdo teórico e prático, ministrado em linguagem simples e fácil de ser transmitido.

“Todos os dia, boa parte dos surfistas de Ilhéus está nas praias, junto com os salva-vidas e, por isso, a praia é o espaço ideal para este treinamento. Embora a iniciativa leva o nome Surf-Salva, ela desenvolve o papel de treinar os demais praticantes de outros esportes aquáticos”, explica Madureira, que também coordena o “Projeto Informar para não Afogar”.

Ele acrescenta que o curso Surf-Salva tem como proposta oportunizar aos surfistas um treinamento técnico em emergências aquáticas e criar uma cultura de prevenção no surf. “Assim, formaremos multiplicadores de conhecimento e através disso, salvar milhares de vidas em todo o país”. Durante o curso são ensinadas técnicas de ressuscitação dentro d’água, introdução ao salvamento aquático, equipe salva-vidas e surfista, noções de oceanografia, socorro com prancha de surf, suporte básico de vida, prática em manequins e medidas de prevenção.

Pesquisas – As pesquisas mostram que 51% dos surfistas já presenciaram alguém morrendo na praia e 74% já participaram de algum salvamento. O levantamento aponta que 32% desses surfistas dizem ter medo por não conhecerem sobre primeiros socorros. No entanto, 84% gostariam de participar de algum curso sobre o tema e 46% já tiveram a oportunidade de ajudar algum salva-vidas. A pesquisa ouviu também os salva-vidas e registrou que 41% deles já foram auxiliados por algum surfista e 84% acreditam que estes surfistas conseguem realizar um salvamento.

Alerta – Dados da Sobrasa indicam que o afogamento é a segunda causa de morte entre crianças de 1 a 9 anos – atrás somente de acidentes de trânsito. O número redobra a pressão por regras mais rígidas sobre segurança nesses espaços.

“O afogamento não é acidente, não acontece por acaso, tem prevenção e esta é a melhor forma de tratamento”, explica David Szpilman, diretor médico da Sociedade Brasileira de Salvamento Aquático.

*Informações da Secom Municipal.

Link permanente para este artigo: https://www.ilheus.net/2018/07/curso-de-salvamento-em-ilheus-reune-surfistas-e-salva-vidas.html

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.