“Sou pré-candidata porque acredito no Brasil”, diz Manuela em passagem por Conquista e Itabuna

A pré-candidata à presidência da República pelo PCdoB, Manuela D’ávila, desembarcou em Vitória da Conquista, terceira maior cidade da Bahia, nesse sábado (9), com um discurso consistente e de defesa de sua pré-candidatura. Em coletiva com a imprensa e num ato na Câmara de Vereadores, não se esquivou de pedidos de selfies e de perguntas sobre temas áridos como machismo, política econômica e prisão do presidente Lula.

“Eu sou pré-candidata à presidente porque eu acredito no Brasil, porque nós temos a obrigação de vencer as eleições”, disse.

Durante ato na Câmara de Vereadores, agradeceu a acolhida da população e do diretório municipal do PCdoB, que organizou o evento. “Vocês nos acolhem em nome de um povo que tem uma tradição de luta, uma tradição de resistência, uma tradição de dizer que o Brasil pode ser democrático, pode ser desenvolvido. Essa é Conquista na Bahia e no Brasil. Esse é o povo dessa cidade”, detalhou Manuela.

Manuela frisou que as eleições 2018 acontecerão num ambiente de altíssima complexidade. “O que nós estamos discutindo nessa eleição é se nós viveremos num Brasil de 2018 ou se nós voltaremos ao Brasil do século passado”, explicou. A pré-candidata defende que “não é possível governar para todos, é preciso fazer escolhas. A nossa escolha é 99% daqueles que habitam esse território, esse país fantástico”.

Em seu discurso, lembrou que os condutores do processo que levou à queda da presidente Dilma Rousseff prometiam conduzir o país “a uma ponte para o futuro” que se transformou em pesadelo para os brasileiros. “É o agravamento da crise. O pesadelo é o aumento do número de desempregados e desempregadas, que já soma 14 milhões”, ilustrou. Segundo Manuela, a ponte para o futuro levou o país a uma situação próxima a de séculos atrás. “Mais de um milhão de lares no Brasil hoje cozinham com álcool e lenha porque não tem dinheiro para pagar o botijão de gás”, lamentou.

Além de Vitória da Conquista, Manuela D´ávila passou por Salvador, Itabuna, Ilhéus, Camaçari e Juazeiro. Fizeram parte da comitiva da pré-candidata em terras conquistenses os deputados federais Daniel Almeida e Alice Portugal, o presidente do PCdoB na Bahia, Davidson Magalhães, o presidente do PCdoB em Vitória da Conquista, Elias Dourado, e o deputado estadual Fabrício Falcão, informou o vermelho.

Link permanente para este artigo: https://www.ilheus.net/2018/06/sou-pre-candidata-porque-acredito-no-brasil-diz-manuela-em-passagem-por-conquista-e-itabuna.html

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.