Itabuna: Operação conjunta deixa 1 morto e prende 8; líder de tráfico será remanejado

Oito membros de uma quadrilha de tráfico de drogas em Itabuna, foram presos e um acabou morto em uma operação conjunta das polícias Civil e Militar que envolveu 80 agentes.

O alvo principal da ação foi Edson Januário da Silva, o “Didiu”, que está preso no presídio local. Didiu é tido como líder de uma facção criminosa responsável por crimes como tráfico de drogas, homicídios e roubos. Como efeito da ação, Didiu será remanejado para o presídio de segurança máxima, em Serrinha, na região sisaleira.

Conforme a Secretaria da Segurança Pública (SSP-BA), outros dois acusados alvos da ação tiveram os mandados cumpridos no presídio de Itabuna, foram os casos de Wenerson Reis da Silva, o ‘Calango’, e Wagner Nascimento Cordeiro, o ‘Guito’. Fora do sistema prisional, foram presos: Simone Januário dos Santos, irmã de Didiu, Taciana Santos Paixão, Silvanei José dos Santos, Marcos Venicius Santos Nery, gerente da quadrilha, e Davi Rosa do Carmo acabaram presos.

Ainda segundo a SSP-BA, Weslei Melo de Jesus, outro alvo da operação, reagiu à abordagem e não resistiu ao confronto. No presídio, os policiais e agentes penitenciários encontraram facas, celulares, carregadores e porções de maconha. Com o quinteto do lado de fora, dois revólveres calibre 38 foram achados. “As equipes da 6ª COORPIN, da PM e do sistema prisional estão de parabéns. Excelente resultado que demonstra a força do trabalho integrado e de inteligência. Com certeza novos desdobramentos serão realizados”, enfatizou o secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa, conforme BN.

Link permanente para este artigo: https://www.ilheus.net/2018/06/itabuna-operacao-conjunta-deixa-1-morto-e-prende-8-lider-de-trafico-sera-remanejado.html

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.