ILHÉUS: Servidores municipais param nesta quinta, e podem entrar em greve por tempo indeterminado

Em assembleia realizada na segunda (04), os servidores através do Sindicato dos Servidores Público de Ilhéus (SINSEPI) deliberaram esperar 72h uma nova proposta do governo municipal acerca da Campanha Salarial de 2018 e o cumprimento do Acordo Coletivo de 2017, onde o Município de Ilhéus se comprometeu reajustar a remuneração dos servidores a partir do mês maio. 

Entretanto, o município não reajustou o salário, e só quer conceder reajuste de 2,91%, cerca de 28 reais para os servidores que ganham um salário mínimo, e nenhum aumento no Vale alimentação. Os servidores se reunirão na manhã desta quinta (07) às 8h, no Sindicato para apreciar, caso ocorra, alguma posição do governo, caso não for aceita pelas categorias, entrarão em greve geral por tempo indeterminado.

O Governo ainda descumpre os seguintes acordos:

a) O Município fornecerá gratuitamente, a todos os seus funcionários, 02(dois) uniformes por ano, desde que exigido o seu uso nas atividades desenvolvidas pelo mesmo.

b) O Município fornecerá equipamento de Proteção Individual para todos os trabalhadores que deles necessitam (limpeza urbana, coveiros, salva-vidas, pessoal da saúde, eletricistas, soldadores, operadores de moto serra, de recadeira mecânica, e outros), sem qualquer ônus para o servidor; E incluir protetor solar a todos os trabalhadores que ficam expostos a radiação solar;

c) Viabilizar com recursos humanos, materiais e equipamentos a equipe do SESMT- Serviço Especializado em Engenharia e Segurança e Medicina do Trabalho;

d) O Município se compromete a implantar o PCMSO – Programa de Controle Médico e de Saúde Ocupacional;
.P.P.R.A- Programação de Prevenção de Riscos Ambientais;
.LTCAT- Laudo Técnico de Condições Ambientais do Trabalho;
.Criar a ¨CIPAs¨, e definir mapa de Risco dos locais de trabalho;
.Traçar o Perfil Profissiográfico Previdenciário – PPP;

e) O Município se compromete a contratar profissionais das áreas específicas, para elaboração dos laudos.

f) O Município concederá a TODOS OS FUNCIONÁRIOS QUE FAÇAM JUS, o adicional de insalubridade, periculosidade, penosidade, e outros instituídos em lei, incidindo sobre o Salário Base.

Os servidores ficaram indignados com a assertiva do Secretário de Administração Bento Lima, que em um telefonema ao Presidente José Joaques, disse que não negocia com “baderneiros”. O que admira é que o Prefeito de Ilhéus foi o mediador das negociações na greve de ônibus, por que não negocia com os servidores municipais?

Link permanente para este artigo: https://www.ilheus.net/2018/06/ilheus-servidores-municipais-param-nesta-quinta-e-podem-entrar-em-greve-por-tempo-indeterminado.html

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.