PSL admite que precisa do apoio do DEM para ‘bancar’ campanha de Bolsonaro na Bahia

O PSL baiano admitiu que precisa do apoio do bloco de oposição ao governo da Bahia, encabeçado por José Ronaldo (DEM), para bancar a campanha do pré-candidato do partido Jair Bolsonaro no estado. Após a presidente da legenda afirmar que a oposição necessita dos eleitores de Bolsonaro para vencer o PT de Rui Costa (lembre aqui), um dirigente confessou que, por conta dos gastos, o grupo do presidenciável por aqui não teria condições de bancar o palanque.

“É caro fazer palanque de presidenciável em um estado grande como a Bahia”, discursou o dirigente ao Bahia Notícias.

“O capitão [Bolsonaro] não pega avião comum, só anda de avião particular. Para irmos nas maiores cidades do estado assim é difícil”, lamentou.

Com a ajuda de outros partidos da oposição, como o DEM de José Ronaldo, o PSL-BA poderia ter a estrutura necessária para desfilar com Bolsonaro em Itabuna, Vitória da Conquista, Feira de Santana e Salvador, ponderou o dirigente.

Apesar da declaração de necessidade, os diretores do partido negam qualquer conversa com José Ronaldo para o apoio do DEM ao candidato do PSL. Até agora a campanha do partido tem se mantido à base de doações.

“Uma pessoa chega com adesivo, outro com um cartaz. Para nossa surpresa, muitos médicos estão aderindo à candidatura do capitão na Bahia. Não sei se é por causa dos médicos cubanos”, contou o dirigente.

Além do nome posto ao cargo de presidente, o PSL dele lançar, no estado, pelo menos as candidaturas de 43 deputados estaduais e 9 deputados federais. De quem hoje participa da legenda, que um dia já fez parte da base de Rui Costa quando Marcelo Nilo (PSB) era presidente, “muito poucos não são militares”. “Temos no partido hoje delegada da Polícia Federal, da Polícia Militar, perito… Estamos dialogando com muitos militares que ainda devem entrar no PSL antes do fim do prazo [para filiações]”, concluiu o dirigente confiante ao BN.

Link permanente para este artigo: https://www.ilheus.net/2018/05/psl-admite-que-precisa-do-apoio-do-dem-para-bancar-campanha-de-bolsonaro-na-bahia.html

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.