Marcelo Rezende disse: “Se o caminhoneiro parar, o Brasil para!”, não é profecia, é lógica. Assista

O Brasil abandonou de anos em anos a política de transporte ferroviário, e deixou o transporte de alimentos, produtos químicos, serviços financeiros, agronegócios, entre outros, nas mãos dos caminhoneiros. 

Em 2012, apresentando o Repórter Record, o já falecido Marcelo Rezende iniciou seu programa afirmando uma questão lógica, e não profética, “se o caminhoneiro parar, o Brasil para”, o programa descrevia o uso de drogas por caminhoneiros para obedecer o prazo de entrega de mercadorias pelas empresas. O que é repassado pela redes sociais é falso, ele apenas fez uma tautologia.

Assista:

Link permanente para este artigo: https://www.ilheus.net/2018/05/marcelo-rezende-disse-se-o-caminhoneiro-parar-o-brasil-para-nao-e-profecia-e-logica-assista.html

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.