ILHÉUS: Chefe de Gabinete de Marão é condenado a devolver quase 3 mil

Reprodução Facebook

O Chefe de Governo de Marão, Reinilson Soares dos Santos foi condenado pela Corregedoria do Município a devolver aos cofres do município quase 03 mil reais, por  DESINCOMPATIBILIZAÇÃO PARA CONCORRER A CARGO ELEITORAL. 

Na época, em 2016, o servidor municipal era pra se afastar do cargo que ocupava na Secretaria de Saúde para concorrer a cargo eletivo, todavia, se afastou e continuou recebendo. A desincompatibilização é o afastamento obrigatório de um candidato a um cargo eleitoral. Se o candidato ocupa algum cargo público, para que ele possa concorrer nas eleições pode ser exigido o seu afastamento. Se isso não acontecer o candidato fica proibido de concorrer à vaga.

A obrigatoriedade da desincompatibilização existe para garantir que o candidato não use os benefícios do cargo que ocupa para obter vantagens para si mesmo ou para a sua campanha eleitoral. Veja a decisão da Corregedoria ou clique aqui:

Link permanente para este artigo: https://www.ilheus.net/2018/04/ilheus-chefe-de-gabinete-de-marao-e-condenado-a-devolver-quase-3-mil.html

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.