Professores de Itabuna protestam por atraso salarial e início do ano letivo será adiado nas escolas

Foto: Reprodução/Rede Bahia

Os professores da rede municipal de ensino de Itabuna, cidade do sul da Bahia, protestaram por atraso salarial nesta quinta-feira (1). A categoria alega que não recebeu o terço das férias que deveria ser pago no dia 17 de janeiro.

Os professores ainda anunciaram que as aulas do ano letivo nas escolas da cidade não vão começar na segunda-feira (5), como estava previsto pela Secretaria de Educação. Isso porque a categoria fará uma assembleia passagem. O início das aulas na rede municipal tá marcado pra segunda feira, mas o sindicato já avisou que os professores não vão trabalhar nesse dia porque estarão reunidos em assembleia pra decidir se aceitam ou não a proposta da prefeitura.

O protesto dos professores nesta quinta-feira, ocorreu durante a 30º Jornada Pedagógica, evento realizado para discutir as práticas dos professores e a proposta de ensino para o ano letivo. Cerca de 250 profissionais de educação participaram da jornada entretanto, outros 1.350 professores não foram para o evento e protestaram do lado de fora do evento.

Carminha Oliveira- Pres. do sindicato dos professores da rede municipal. A secretária de educação, Anorina Smith, propôs pagar o terço das férias em duas parcelas.

Itabuna possui 93 escolas municipais com 20mil vagas e até agora, cerca de 17 mil alunos foram matriculados, conforme diz o G1.

Link permanente para este artigo: https://www.ilheus.net/2018/03/professores-de-itabuna-protestam-por-atraso-salarial-e-inicio-do-ano-letivo-sera-adiado-nas-escolas.html

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.