Aprenda a identificar se uma promoção no WhatsApp é golpe

O WhatsApp é um dos apps mais populares do Brasil, com mais de 120 milhões de usuários. Mas a plataforma também é muito utilizada para golpes que servem para induzir pessoas a fazer pagamentos indevidos ou instalar aplicativos com malwares (é um programa de computador destinado a infiltrar-se em um sistema alheio de forma ilícita, com o intuito de causar alguns danos, alterações ou roubo de informações). Muitos desses golpes utilizam táticas de elemento surpresa: ele parece legítimo e pega qualquer um desprevenido para funcionar. Por isso, conheça agora algumas dicas para evitar cair em golpes desse:

A técnica de praticamente todos os golpes é a mesma, e utiliza o mesmo princípio do “phishing” (em inglês corresponde a “pescaria”, tem o objetivo de “pescar” informações e dados pessoais importantes através de mensagens falsas.) , que funciona em emails.

Cibercriminosos enviam um texto chamativo (uma promoção, um cupom de desconto, proposta de emprego) e, ao final, um link para cadastro ou baixar algum aplicativo. 

O primeiro download geralmente tem aparência inofensiva: mas ele é apenas um programa que prepara seu smartphone para downloads maliciosos de verdade. O mesmo pode ocorrer via SMS, que aceitam links.

Uma possibilidade é o golpista ainda pedir para você compartilhar a mensagem com todos os seus contatos ou se inscrever em algum serviço pago de SMS. Não é preciso dizer que você não deve fazer nada disso.

Para identificar esses golpes a dica é praticamente a mesma para saber se um app é falso: tenha paciência. Os criminosos se aproveitam da pressa e da instantaneidade dos apps de mensagens para que você clique no link sem pensar.

Pense duas vezes antes de clicar em links não solicitados ou sem contexto, mesmo que venha de amigos. Se tiver alguma dúvida, pergunte ao contato que enviou a mensagem pedindo confirmação da veracidade dele.

Desconfie sempre de promoções boas demais para serem verdadeiras ou oportunidades de emprego que exigem a instalação de apps desconhecidos.

Outra forma de se prevenir de golpes é conhecer as mensagens mais utilizadas por criminosos para induzirem usuários ao golpe. Em 2017, uma das mais utilizadas envolveu um link para trocar as cores do aplicativo. Outra mensagem pedia para usuários compartilharem um texto com um link para cinco pessoas e receberiam um pagamento de mais de R$ 1 mil referentes a dinheiro de FGTS.

Outros golpes conhecidos envolvem recargas gratuitas para seu celular, geralmente de R$ 70, ou ainda maquiagens grátis da Boticário. As outras geralmente são variantes destas, com novos recursos no aplicativo (novos emojis, um tal WhatsApp Gold) ou cupons de desconto. NUNCA clique nessas mensagens e você estará quase totalmente seguro de golpes no aplicativo. Conforme diz o R7.

Link permanente para este artigo: https://www.ilheus.net/2018/03/aprenda-identificar-se-uma-promocao-no-whatsapp-e-golpe.html

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.