A novela da duplicação na Ilhéus/Itabuna

Foto: Blog agravo

 

Apesar de Rui Costa ter divulgado em palanque que não havia mais nenhum entrave para o início da duplicação da BR-415, a informação não condiz com a verdade.

As fazendas que devem ser desapropriadas, para a construção da rodovia, ainda estão em processo de discussão e elaboração de propostas.

O advogado dos proprietários disse que até o momento não houve qualquer indenização pelo governo, que está apenas levantando os imóveis para fazer as desapropriações.

Todos sabem que o processo de avaliação é lento e geralmente as partes demoram em chegar a um consenso por conta do valor ofertado.

Outro fator que complicará e influenciará nos valores das indenizações, é o fato que a maioria das propriedades fica em área de produção de cacau.

Por fim, ainda há pendências com o TCU, por conta de vícios no projeto e suspeita de superfaturamento. Em tempo: a responsável pela obra é a OAS, informou o Professor da UESC – Rozilton Ribeiro.

Link permanente para este artigo: https://www.ilheus.net/2018/03/a-novela-da-duplicacao-na-ilheus-itabuna.html

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.