Prefeito revoga decreto e passagem continua R$ 2,85 em Itabuna

Prefeito revoga decreto e passagem continua R$ 2,85 em Itabuna 1

Foto: Blog do Thame

Protestos, pneus queimados, engarrafamento e ânimos exaltados marcaram a manhã de quinta-feira (8), em Itabuna. Foram as primeiras horas em que foi cobrado o valor de R$ 3,30 na passagem dos ônibus coletivos (urbanos e rurais). Os desentendimentos chegaram à esfera judicial e à tarde o prefeito em exercício, Fernando Vita, anunciou a suspensão do decreto com o aumento, determinando que a tarifa fica nos mesmos R$ 2,85 anteriormente cobrados.

“Levando em consideração os últimos acontecimentos sobre a tarifa do transporte coletivo urbano, o Prefeito resolve suspender os efeitos do Decreto Municipal Número 12.760/2018, até que haja uma resolução jurídica. Vale ressaltar a todos que os membros do Poder Executivo seguem respeitando os direitos do povo de Itabuna”, diz a nota encaminhada pela assessoria de imprensa da Prefeitura.

A queda-de-braço entre os poderes começou segunda-feira (5), quando a Câmara de Vereadores suspendeu o decreto do Executivo que autorizava o reajuste. Na quarta-feira (7) à noite, porém, a AETU (Associação das Empresas de Transportes Urbanos) havia se manifestando dizendo que cobraria os R$ 3,30, atendendo à determinação da Prefeitura, conforme informou o Diário Bahia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *