OAB leva situação de Itabuna à SSP

A explosão da violência neste ano em Itabuna preocupa e vai levar a subsecção da Ordem dos Advogados do Brasil a Salvador, liderando um grupo de representantes da sociedade.

Depois da calmaria dos últimos quatro anos, quando a cidade decaiu de posições mais relevantes no Mapa da Violência no estado, nos 50 primeiros dias deste ano 20 homicídios já foram registrados.

De repente houve tiroteios em bairros periféricos e centrais, ataques a pessoas sem envolvimento com o tráfico de drogas, arrastões e arrombamentos de lojas no centro da cidade. O clima de insegurança toma conta.

A insegurança é amplificada pela circulação de mensagens nas redes sociais relatando ações dos bandidos. O presidente da OA|B/Itabuna, Edmilton Carneiro, declarou ao Jornal das Sete, da Morena FM, que levará o assunto ao secretário da Segurança Pública, Maurício Barbosa.

O mais recente ataque se deu na noite de segunda-feira, no Alto da Lua, bairro Mangabinha, quando dois jovens foram baleados na porta de casa ao comemorar um aniversário. Itabuna, entre 2009 e 2013, viveu dias sombrios.

Havia um crescente quadro de mortes e violência, “que diminuiu nos anos seguintes”, disse Edmilton em entrevista à rádio Morena FM, “mas esse clima voltou, acompanhado de muita pressão nos presídios”, conforme Jornal A Região.

Link permanente para este artigo: https://www.ilheus.net/2018/02/oab-leva-situacao-de-itabuna-ssp.html

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.