Risco de contrair conjuntivite é maior no verão, alerta oftalmologista

Durante o verão os casos de conjuntivite costumam aumentar, entre os principais sintomas estão: Sensibilidade à luz, olhos velhos e lacrimejantes, visão embaçada e borrada. De acordo com o médico oftalmologista Antônio Nogueira, sócio e diretor do hospital de olhos CENOE “O calor e a umidade do ar favorecem a disseminação do vírus, podendo causar uma epidemia, principalmente em locais com grandes aglomerações”.

A conjuntivite é a inflamação da conjuntiva, membrana transparente que reveste a esclera, a parte branca do olho e podem ser de origem infecciosa como a viral e a bacteriana ou serem causadas por episódios alérgicos. Segundo Antônio Nogueira, a prevenção deve consistir na adoção de normas de higiene, tais como lavar as mãos e evitar coçar os olhos, na residência, não partilhar de peças de uso individual como travesseiros, sabonetes e toalhas.

A infecção costuma afetar os dois olhos e dura aproximadamente uma semana. Nesse período, é importante ficar em casa e trocar fronhas e toalhas diariamente.

Ao sinal dos primeiros sintomas da doença, as pessoas devem consultar um médico. Apenas o oftalmologista pode diagnosticar o tipo da conjuntivite e conduzir o paciente ao tratamento adequado.

Link permanente para este artigo: https://www.ilheus.net/2018/01/risco-de-contrair-conjuntivite-e-maior-no-verao-alerta-oftalmologista.html

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.