Marão comemora hospital e alfineta Jabes: “deixou pouquíssima coisa boa”

Marão comemora hospital e alfineta Jabes: “deixou pouquíssima coisa boa” 1

O prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre (PSD), fez rasgados elogios à estrutura do Hospital Regional Costa do Cacau, a ser inaugurado nesta tarde, e vibrou com a nova ponte Ilhéus/Pontal, prestes a ser inaugurada. Em alguns momentos, pareceu quase o “pai da criança” – ou um empenhado padrasto. Mas quando o assunto é o ex-prefeito Jabes Ribeiro (PP), antecessor dele, o gestor dá alfinetadas – embora numa linha bem diplomática. Marão, como é conhecido, conversou com o Diário Bahia na manhã desta sexta-feira (15), durante visita ao referido hospital, juntamente com o governador Rui Costa e outros prefeitos.

Como recebe a inauguração de um hospital deste porte em Ilhéus?

É um grande dia para a região, não só para Ilhéus. Um equipamento de saúde dessa magnitude, com estrutura física, aparelhos de ponta. Ficamos extremamente felizes; digno do atendimento do nosso povo de Ilhéus e da região. Faz parte da história da reconstrução.

Todo prefeito costuma mencionar a chamada herança maldita deixada pelo antecessor. Como o senhor avalia esse início e o que encontrou ao assumir a Prefeitura de Ilhéus?

Todo mundo sabe que qualquer prefeito deixa algum resto a pagar. Eu não falo herança maldita, porque gosto de falar palavras positivas. Não é uma herança bendita, mas deixou dívidas. Não vou ficar aqui chorando pelo leite derramado. Tenho é que recuperar o que ele deixou de ruim; o que deixou de bom eu devo continuar. Pouco, não é? Foi muita cosa ruim e pouquíssima coisa boa. Mas o que deixou de bom eu tenho que levar.

“Uma luta nossa”

Eu tenho uma vantagem: moro em Ilhéus, dialogo constantemente com o povo de Ilhéus; nunca morei em Salvador. Realmente, eu tenho um trabalho árduo. Mas com fé, esperança, dialogando com o povo, está aí a demonstração. Foram 10 anos de uma luta nossa, discutindo com o governador para que a gente possa inaugurar, e não só projetar. É como a ponte Ilhéus/Pontal. Estou lá todo dia e não vai parar. Eu vou inaugurar junto com o governador. Tenho certeza disso, nem que a gente tenha que arcar com algumas despesas, para dar esse outro presente para Ilhéus e para a região.

Informações coletadas no Diário da Bahia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *