Antes de viajar, elimine as águas paradas e combata a Dengue, Zika e Febre Chikungunya

Foto: Arquivo

O verão é o período mais propício à proliferação do mosquito Aedes aegypti, por causa das chuvas, e a época de maior risco de infecção por dengue, zika e chikungunya. Por isso, a população deve ficar atenta e redobrar os cuidados.

Todos devem eliminar possíveis criadouros do mosquito em casa. Antes de sair em viagem, é essencial fazer uma vistoria em casas, apartamentos e até mesmo no ambiente de trabalho. Qualquer lugar que possa acumular água é um potencial criadouro.

O ciclo de reprodução do mosquito, desde o ovo à forma adulta, leva em torno de 5 a 10 dias. Por isso, mesmo em viagens de menor duração, é preciso realizar uma série de medidas simples para garantir a limpeza dos ambientes.

Recipientes como baldes, garrafas, ralos, lixeiras e outros objetos devem sempre estar fechados ou virados com a boca para baixo. Nos casos dos pratos de vasos de planta, devem ser preenchidos com areia. Os vasos sanitários permanecer tampados.

Durante a viagem, também é preciso ficar atento ao local de hospedagem, verificando, ao chegar, se há possíveis criadouros do mosquito. Outra forma de evitar as doenças, que deve ser aliada à limpeza, é o uso de repelentes e inseticidas. Jornal A Região

Link permanente para este artigo: https://www.ilheus.net/2017/12/antes-de-viajar-elimine-as-aguas-paradas-e-combata-dengue-zika-e-febre-chikungunya.html

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.